Regional

Deputados aprovam suspensão do mandato de Capitão Alden

Por 49 a 4 votos, o parecer da Comissão do Conselho de Ética da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) defendeu a suspensão, pelo prazo de 30 dias, do mandato do deputado Capitão Alden (PSL). A punição foi votada na tarde desta terça-feira (21). Alden não compareceu presencialmente à sessão.

A votação que ocorreu de forma secreta contou com a participação dos deputados presencialmente ou virtual. Esta punição resulta de uma acusação feita pelo parlamentar aos colegas da bancada de oposição. Alden afirmou que eles recebem propina de R$ 1,6 mi da Prefeitura de Salvador.

O afastamento temporário de Alden foi indicado pelo Conselho de Ética e Decordo Parlamentar da Alba, que apreciou representação da bancada de oposição contra o parlamentar.

Durante a sessão, o líder governista, Rosemberg Pinto (PT), relatou ter sido procurado por membros da bancada nos últimos dias, tendo recebido sugestão para apreciação de punição paralela à aprovada pelo parecer do conselho, em função das reiteradas posturas de Alden.

Consequências da suspensão 

Com a suspensão, Alden permanecerá, no tempo estabelecido, sem direito a voto e fala em plenário. Será nulo também qualquer ato, documento, proposta ou requerimento que, porventura, seja assinado no período.

Alden também fica sem direito a remuneração e acesso às verbas de gabinete. No entanto, os assessores do parlamentar, nomeados na Casa por meio do gabinete, seguem com o recebimento normal dos vencimentos.

Fonte: Muitainformação

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios