Regional

Denunciados em operação do MP-BA contra fraudes no Detran são novamente presos nesta segunda-feira

Presos pela primeira vez no dia 10 de fevereiro deste ano, e soltos no dia 26 do mesmo mês à pedido da defesa, Adriano Muniz Decia e Catiucia de Souza Dias foram detidos novamente, na manhã desta segunda-feira (27), no âmbito da Operação Cartel Forte, do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Os dois foram denunciados pela terceira vez na ação e a medida atendeu a um cumprimento de uma mandado deferido pela Justiça, solictado pelo MP-BA em ação cautelar ajuizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Os dois são apontados, respectivamente, como líder e gerente operacional da associação criminosa que articulava esquema fraudulento na prestação de serviços de estampamento de placas veiculares junto ao Departamento Estadual de Trânsito na Bahia (Detran-BA).  

O restabelecimento da prisão preventiva foi solicitado com base em nova denúncia, oferecida pelo MP contra eles, na qual os dois são acusados pelo cometimento dos crimes de associação criminosa e lavagem de dinheiro. 

Na ação, o Gaeco apontou que, diante dessas “imputações gravíssimas”, há “robusto” conjunto probatório, alcançado em três denúncias, do “risco iminente de dano irreparável à ordem econômica e à ordem pública”.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios