Regional

Bruno Covas tem quadro clínico irreversível, diz boletim médico

O boletim médico divulgado nesta sexta-feira (14) mostra que o prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), teve um agravamento no estado de saúde, que o levou a um quadro irreversível.

Covas está internado desde o dia 2 de maio no Hospital Sírio-Libanês, no centro da capital paulista, para tratamento de um câncer no sistema digestivo, com metástase nos ossos e no fígado.

“O prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica. Neste momento, encontra-se no quarto acompanhado de seus familiares”, diz boletim divulgado na noite desta sexta, segundo informações do Portal G1.

Covas havia iniciado, na última segunda-feira (10), um tratamento que combinava imunoterapia e terapia-alvo. A imunoterapia é feita com medicamento que reforça o sistema imunológico do paciente, para que ele próprio combata o câncer.

Já a terapia-alvo, um tratamento mais recente, é realizada com outro tipo de medicamento, que identifica uma proteína que existe em células cancerígenas para atacá-las.

Na semana passada, Covas passou também por sessões de radioterapia para ajudar a conter um sangramento na cárdia detectado em um exame.

O prefeito licenciado de São Paulo foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no dia 3 de maio para passar por um procedimento para conter um sangramento no tumor da cárdia, localizada na transição entre o estômago e o esôfago.

Ele chegou a ser intubado para o procedimento, mas foi extubado no mesmo dia, após o sangramento ter sido contido. No dia 4 de maio, ele teve alta da UTI e foi para leito semi-intensivo.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios