Regional

Governo da Bahia aluga contêineres para armazenamento de corpos e prefeitura de Salvador expande vagas em cemitérios.

Foto: B.News/Reprodução

Com o risco de colapso no sistema de saúde, em decorrência do aumento exponencial de casos de Covid-19, o Governo da Bahia alugou contêineres refrigerados para armazenar corpos de pacientes mortos pela doença.

 De acordo com o G1, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou, anteriormente, que alugou dez equipamentos, mas o dado foi corrigido. Segundo o órgão, na verdade, apenas quatro contentores foram locados.

Instalados nas imediações do Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, do Instituto Couto Maia, do Hospital Ernesto Simões e do Hospital Espanhol, os contêineres costumam ser utilizados em caso de locais adaptados para funcionamento de unidades de saúde. Segundo a Sesab, esse é um procedimento comum. O órgão informou ainda que este tipo de equipamento só é usado em hospitais tradicionais se houver demanda excedente.

Conforme o G1, até esta quarta-feira (3), a Bahia já havia registrado 12.140 mortes pela Covid-19, desde o início da pandemia, que, no estado, teve início em março do ano passado. O número total representa uma letalidade de 1,75%.

CEMITÉRIOS – Na capital baiana, a média de sepultamentos saltou de 12 para 17 por dia, durante a pandemia. De acordo com o site, por causa desse aumento no número de óbitos, a prefeitura de Salvador resolveu ampliar o número de vagas nos cemitérios.

Um processo licitatório foi aberto, este mês, para a construção de 1.125 gavetas, com a finalidade de dar suporte aos cemitérios. Salvador tem, atualmente, 740 gavetas disponíveis para sepultamentos imediatos. Além disso, a cidade oferece uma média de 300 covas por mês. As vagas são geradas em função de exumações, isto é, da retirada dos despojos mortais de uma sepultura para reacomodação em urnas menores ou cremação.

O prazo para as gavetas ficarem prontas é de até 60 dias, após a conclusão da licitação. Conforme o G1, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) informou que outras 218 sepulturas deverão estar disponíveis no próximo mês. O órgão não deu detalhes de como essas vagas surgirão.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios