Regional

Reajuste do salário mínimo está abaixo da inflação

O reajuste do salário mínimo para R$1.100 não repõe a inflação do ano passado. Segundo dados divulgados, nesta terça-feira, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que serve como indicador para correção do salário mínimo, teve alta de 5,45%, enquanto o reajuste salarial determinado pelo governo ficou em 5,26%. Para corresponder à inflação, o valor do mínimo precisa ser de R$1.102,00.

Agora, é preciso que um novo reajuste seja feito, conforme o previsto pela Constituição Federal. “O IBGE apurou que o INPC oficial de 2020, que é o fator de inflação que está atrelado ao reajuste do salário mínimo, foi de 5,45%. A Constituição Federal determina que o mínimo seja corrigido pelo menos de acordo com a inflação medida pelo INPC do ano anterior. Desta forma o valor correto deveria ser de R$1.101,95, tendo ficado a menor em R$1,95. Por isso, para não desrespeitar a constituição, é provável que o novo mínimo seja corrigido para R$1.102,00, arredondando-se o centavo para facilitar os cálculos”, afirmou o economista.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios