RegionalSenhor do Bonfim

Mesa Diretora da Assembleia: Adolfo Menezes sinaliza ‘prioridade’ de PT e PP “por tamanho” das bancadas

Futuro presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado Adolfo Menezes (PSD) disse que não vai interferir na montagem da Mesa Diretora da Casa, mas, sinalizou ao Política Livre que o PT e PP têm “prioridade por conta do tamanho da bancada”.

“Eu não vou determinar que esse ou aquele quadro vá para posições na Mesa. Aí é um arranjo dos partidos, mas, pelo tamanho, PT e PP têm as duas primeiras ‘pedidas’. Não é privilégio, se o DEM fosse a terceira maior bancada, teria a terceira”, sinalizou.

Ainda de acordo com o deputado, que está em seu quarto mandato, a oposição não fez exigência de espaço. Historicamente, o grupo comanda a Fundação Paulo Jackson, que dá as cartas na TV AL-BA, por exemplo.

“Não houve acordo comigo por cargo nenhum, não fiz acordo por cargo. Vou ser o presidente da Assembleia, todos são deputados, colegas, conheço a Casa mas não conheço em detalhes, pois não comecei a administrar. A oposição vai participar, temos que que assumir para ver como, mas não foi feito nenhum pedido por ninguém e nem por grupo de deputados. Recebi os apoios por um relação de confiança”, apontou.

Adolfo afirma ainda que não tem, agora, outras aspirações na política. A presidência da AL-BA oxigenou, por exemplo, a carreira do hoje senador Ângelo Coronel. Antes do cargo, ele estava prestes a se aposentar.

“Eu não pretendo nada, eu sei do meu tamanho, vamos dizer asism. Não posso pleitear, mas tem outros na minha frente. Não tenho vontade de ser deputado federal, tem muita gente na frente. A briga toda foi visando 2022, é só uma vaga de senador, só uma de governador”, lembrou.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios