Regional

Menino de 12 anos que vendia pastéis é morto por causa de R$ 1

Por Uol

Um menino de 12 anos, que vendia pastéis na rua, foi morto a facadas em Rubim (MG), cidade no Vale do Jequitinhonha, por causa de R$ 1. De acordo com informações da Polícia Militar de Minas Gerais, uma mulher de 39 anos comprou os salgados para ela e para os filhos. No entanto, ficou devendo R$ 1. O garoto teria cobrado o valor e, a partir daí, começou uma discussão. Como o menino não havia conseguido o dinheiro que restava, virou as costas e estava indo embora. Foi nesse momento que a mulher o feriu pelas costas com uma faca. Na versão da suspeita, ela cometeu o crime porque o menino teria tentado agredi-la. O garoto ainda conseguiu andar um pouco mais pela rua e pedir ajuda, mas acabou caindo na calçada. Ele foi levado por uma ambulância ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. Após o crime, a mulher se trancou dentro de casa e deixou cinco facas na janela, inclusive uma com sangue. Os policiais foram até ela, que foi presa em flagrante e conduzida para a Delegacia de Polícia Civil de Almenara. Já o corpo da vítima foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) da mesma cidade. 

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios