Regional

Fux exonera secretário do STF que pediu reserva de vacinas contra a Covid-19

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, determinou a exoneração do secretário de serviços integrados de saúde da Corte, Marco Polo Dias Freitas. O ministro diz que, sem o seu conhecimento, o secretário solicitou à Fiocruz a reserva de sete mil vacinas contra a Covid-19, furando a fila de prioridades da vacinação. 

“Sempre fui contra privilégios”, afirma Fux. No entanto, ele havia saído em defesa da vacinação dos servidores por entender que só seriam imunizados depois dos grupos prioritários. 

“Nós também temos que nos preocupar para não pararmos as instituições fundamentais do Estado, nem o Executivo, nem o Legislativo, nem o Judiciário, normalmente integrados por homens e mulheres que já têm uma certa maturidade”, afirmou o ministro Fux, na ocasião, em entrevista à TV Justiça. 

“Nós fizemos, de forma educada e ética, um pedido dentro das possibilidades quando todas as prioridades forem cumpridas”.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios