Brasil

Diarista é humilhada pelo patrão e leva o caso para a Justiça

Maria José disse no programa da TV Globo que ficou sem chãoReprodução TV Globo

Uma diarista registrou uma ocorrência após ter sido humilhada pelo seu patrão em Anápolis, em Goiás. Depois de ter cancelado a faxina na casa do cerimonialista, identificado apenas como Valeriano, Maria José recebeu insultos como ‘lixo’ e o homem disse que ‘cuspiria na cara horrorosa dela’. Após a mensagem, a diarista resolveu levar caso para a Justiça para que ele seja responsabilizado legalmente.  

No áudio, Valeriano afirma que vai arrumar outra pessoa. “Uma pessoa digna de frequentar a minha casa e limpar as minhas sujeiras. Porque você não é digna de limpar nada. Cê (sic) pra mim não passa de um lixo, entendeu! Se você não tem hombridade de honrar com seus compromissos eu tenho e tô (sic) te falando o dia que eu te encontrar na rua eu vou cuspir na sua cara, nessa cara horrorosa, nojenta”, diz ele. 

A Polícia Civil está investigando o caso e o homem vai ser chamado na delegacia para esclarecimentos.Segundo o advogado trabalhista Solon Tepedino, o caso configura crime de injúria. “Está previsto no Código Penal e geralmente o acusado é penalizado de um a seis meses ou pode ser revertido em multa.

No caso da Justiça do Trabalho, o assédio do empregador pode gerar uma indenização por dano moral. A empregada pode chegar até 20 salários mínimos”, afirma ele.

Fonte: O Dia

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios