Regional

Em ação trabalhista, Vitória é condenado e vai pagar R$ 400 mil a Guilherme; meia disse que não recebeu salários em 2018


EC Vitória

O Vitória foi condenado pela Justiça Trabalhista a pagar R$ 400 mil ao meia Guilherme Costa, que defendeu o clube em 2018, emprestado pelo Vasco. No processo, o jogador afirmou que não recebeu os salários de novembro e dezembro daquele ano, assim como valores proporcionais de férias e 13º salário. No processo, Guilherme Costa também reclamou que o Vitória não depositou os valores referentes ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Porém, durante o processo foi constatado que o clube depositou as parcelas e que o atleta fez um saque da conta em fevereiro de 2019. O julgamento ocorreu na manhã da última quarta-feira e a sentença já foi publicada no Diário Eletrônico do Tribunal Regional de Trabalho da 5ª Região. Guilherme Costa defendeu o Vitória em 15 jogos da equipe profissional e um pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes. O meia marcou apenas um gol com a camisa rubro-negra, contra o Jequié, pelo Campeonato Baiano. Globoesporte

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios