prefeitura bonfim 18
TAVARES
Policial

Paciente do TFD de Senhor do Bonfim grava vídeo mostrando ambulância superlotada; secretaria de Saúde de manifesta

Foto: redes sociais

Uma mulher de Senhor do Bonfim, no Norte da Bahia, que está realizando tratamento oncológico na capital do Estado, gravou um vídeo afirmando que os pacientes estão sendo submetidos à condições precárias no transporte do Tratamento Fora de Domicílio (TFD). Na gravação, ela fez críticas pela superlotação na ambulância que estava fazendo o transporte dos pacientes

O vídeo foi gravado ontem (12) e logo viralizou nas redes sociais e aplicativo de mensagens instantâneas. A paciente mostrou a superlotação no fundo da ambulância, onde cerca de 8 pessoas, incluindo uma criança de colo, estavam sendo transportadas [o vídeo não será publicado na matéria em respeito à imagem dos pacientes expostos].

“Olha a quantidade de pessoas que têm no fundo dessa ambulância, e a secretaria não liber ao ônibus dizendo que é por conta da covid. Olha quantas pessoas tem no fundo da ambulância, parecendo animal (sic). Sem segurança e proteção alguma. Não tem cabimento isso não, diz na gravação.

Em nota, a Secretaria de Saúde de Senhor do Bonfim, com relação ao vídeo divulgado, informou que a ambulância estava programada para voltar com os pacientes já marcados e agendados, quando a paciente que fez a filmagem disse ao motorista que viria na ambulância mesmo sem estar agendada. O secretário Neto Guimarães disse ter solicitado ao motorista que retornasse imediatamente à pousada para desembarcar a paciente em questão, dando seguimento, posteriormente, à viagem, somente com quem estava agendado.

A secretaria disse ainda que consultas e cirurgias eletivas realizadas em Salvador foram suspensas devido a pandemia da covid-19, sendo mantidos serviços oncológicos como quimioterapia e radioterapia, e que, por essa razão, o ônibus de TFD foi suspenso, uma vez que os pacientes oncológicos não têm rotatividade de ida e vinda. A secretaria disse ainda que as viagens estão sendo feitas por ambulâncias, “respeitando os limites de lotação e as medidas de controle e prevenção da covid-19”, embora não tenha especificado quais medidas sanitárias estão sendo adotadas.

Disse ainda que com o gradual retorno das eletivas na capital, os pacientes estão sendo levados no ônibus do TFD ou ambulâncias, conforme o número que necessitem de ida ou volta para Salvador.

Fonte:pretonobranco

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios