Brasil

Moro ameaçou pedir demissão se Bolsonaro trocar diretor da PF

Moro ameaçou pedir demissão se Bolsonaro trocar diretor da PF

Um dia depois de ter sido avisado por Jair Bolsonaro de que o comando da Polícia Federal seria trocado, o ministro da Justiça, Sergio Moro, avisou nesta quinta-feira (23) ao presidente que pedirá demissão se confirmada a saída do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo.

A intenção inicial de Bolsonaro era anunciar nesta sexta (24) o nome do substituto de Valeixo. Desde o ano passado, o presidente Bolsonaro tem manifestado o interesse em trocar o comando geral da Polícia Federal para colocar alguém de sua confiança.

Em agosto, o presidente afirmou que pretendia substituir o superintendente da PF no Rio de Janeiro por razões de “produtividade”. “Quem manda sou eu”, afirmou na ocasião.

Valeixo é ligado a Moro desde os tempos da ação dele na Operação Lava Jato, no Paraná. Antes de trocar Valeixo, no ano passado, o presidente fez substituições importantes em cargos de chefia na Polícia Federal, inclusive no Rio de Janeiro, base eleitoral dele e do filho Flavio Bolsonaro, senador. Moro conseguiu reverter outras mudanças desejadas pelo presidente.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios