Brasil

Ministro critica imprensa e diz que ‘no jornal da noite é caixão, é corpo e o número de mortos’

[Ministro critica imprensa e diz que 'no jornal da noite é caixão, é corpo e o número de mortos']

Após falar em “liberdade de imprensa”, o ministro-chefe da Secretaria de Governo do presidente Jair Bolsonaro, Luiz Eduardo Ramos, pediu à imprensa, hoje (22), que noticie notícias boas durante a pandemia do novo coronavírus.

“Nós, do governo do presidente Jair Bolsonaro, respeitamos muito a liberdade de imprensa e ela é fundamental para o processo democrático de todo o país. Porém, desde o começou dessa crise do coronavírus, nós temos observado uma cobertura maciça dos fatos negativos. Os noticiários entram nos lares brasileiros todos os dias. Com todo respeito, no jornal da manhã é caixão, é corpo. Na hora do almoço, é caixão novamente, é corpo. No jornal da noite, é caixão, é corpo e o número de mortos”, disse.

O ministro pediu para que a imprensa divulgue mais informações positivas. “Eu pergunto a todos: como é que vocês acham que um senhora de idade, uma pessoa humilde se sente com essa maciça divulgação dos fatos negativos? Ninguém está falando que tem que esconder, mas eu peço encarecidamente: tem tanta coisa positiva acontecendo. Vamos começar a divulgar o número de mortos, como vocês divulgam, mas vamos o número de curados. 56% foi curado. Divulguem mais o trabalho maravilhoso dos profissionais de saúde. A mídia brasileira tem um papel fundamental no íntimo, na percepção do povo, para eles se sentirem melhor”, completou.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios