Regional

Suspeito de feminicídio que obrigava mulher a comer fezes é preso

Suspeito de feminicídio que obrigava mulher a comer fezes é preso

Foi preso nesta segunda-feira (9) na cidade de Domingo Martins, no estado do Espírito Santo, o homem que estava foragido da polícia por ser o principal suspeito de matar, esquartejar e queimar a ex-companheira Franciane Moizes Pedro, de 27 anos, em Miracema, no Noroeste Fluminense.

O corpo da vítima foi carregado em sacolas com a ajuda de um adolescente com transtorno mental, que disse ter sido enganado pelo suspeito. O adolescente disse que achava que era um cachorro morto, segundo a polícia.

Gutemberg Xavier Alves foi encontrado após uma denúncia anônima feita à Polícia Civil do Espírito Santo. A denúncia informava que o suspeito estava escondido em uma casa próximo a uma creche no Centro da cidade capixaba.

A polícia informou ainda que amigos disseram em depoimento que a vítima contou antes de ser morta que Gutemberg a obrigava a comer fezes. A vítima também era obrigada a assistir vídeos do ex-companheiro, que era soropotivo, fazendo sexo com outras mulheres.

Segundo a Polícia Civil, após a prisão, Gutemberg assumiu ser a pessoa que estava sendo procurada pela polícia do Rio de Janeiro. A prisão foi em cumprimento a uma mandado de prisão temporária expedido pelo Juízo da Comarca de Miracema.

De acordo com o delegado de Miracema, Gésner Bruno, o inquérito está concluído.

“Agora vamos acrescentar as informações colhidas pela polícia do Espírito Santo e enviar para a Justiça o pedido de conversão da prisão temporária para preventiva. O acusado usou do direito de permanecer em silêncio”, afimou o delegado.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios