Regional

‘Queima de arquivo. Quem mandou queimar?’, questiona deputado do PT a Rui sobre miliciano

Foto: Ananda Borges/ Câmara dos Deputados

Foto: Ananda Borges/ Câmara dos Deputados

O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) afirmou nesta segunda-feira (17) em publicação no Twitter que a morte do policial e miliciano, Adriano Nóbrega, no município de Esplanada, no interior da Bahia, foi queima de arquivo.

Na publicação, o petista cobra ainda do Governo da Bahia que esclareça a morte de Nóbrega. “A execução do miliciano, herói de Bolsonaro, Adriano Nóbrega, tem de ser cabalmente esclarecida pelo Governo da Bahia, a não ser que o governador admita não ter o controle de sua polícia”, publicou.

“A imagem do PT não pode sair arranhada desse episódio. Foi queima de arquivo. Quem mandou queimar?”, questionou Damous .

Fonte: Bahia.ba

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios