Regional

Tino Marcos perde salário de R$130 mil e vira ‘freelancer’

Fonte: jornaldebrasilia

O repórter Tino Marcos anunciou que tiraria uma “licença” de suas funções no Esporte da TV Globo por seis meses, logo no início de julho deste ano. Tino não receberia salário até sua volta, prevista para janeiro de 2020. O repórter voltará de fato a emissora no início do ano que vem, mas com mudanças em seu contrato.

De acordo com o colunista Leo Dias, do UOL, Tino passará a ser freelancer com algumas regalias. O repórter passará a receber por trabalhos feitos, não entrará em escala de plantões e nem precisará dar expediente na redação.

Tino Marcos trabalhava no esquema de CLT, com carteira assinada e salário que girava em torno de 130 e 150 mil reais por mês. Ainda segundo Leo Dias, o repórter não receberá mais essa quantia, mas manterá alguns benefícios, como plano de saúde.

A decisão da TV Globo atingiu a todos os profissionais do departamento de Esporte que tinham salário acima dos 100 mil reais. Marcos Uchoa também tirou a “licença de seis meses” e fará parte desse novo esquema.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios