prefeitura bonfim 18
TAVARES
Regional

Firjan classifica gestão de Juazeiro em “dificuldade”; Senhor do Bonfim tem uma das piores do Estado

9 entre 10 cidades da Bahia têm gestão fiscal em dificuldade ou crítica. É o que aponta o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) 2019. O balanço feito analisa as dificuldades de caixas das prefeituras, analisando pontos como negligência na administração pública, folha de gastos com pessoal e capacidade para pagar investimentos.

Segundo o Índice, dos 417 municípios da Bahia, 265 têm gestões ruins, isso equivale a 63,5%. A pior cidade é Anagé, no Sudoeste. Completam o Top 10 Coaraci, Itaquara, Dário Meire, Itambé, Jeremoabo, Senhor do Bonfim, Coração de Maria e Água Fria; e Santanópolis.

Esse grupo tem avaliação na faixa de 0 a 0,4 pontos. Outros 108 municípios têm “menos dificuldades” (total de 25,9%): Itaguaçu da Bahia, Cabaceiras do Paraguaçu, Canarana, Nova Itarana, Sebastião Laranjeiras, Monte Santo, Itapetinga, Riacho de Santana, Serra do Ramalho e Juazeiro.

O Índice é realizado com base nos dados fornecidos pelas próprias prefeituras, referentes aos gastos de 2018. O grau de avaliação é o seguinte: variação é de 0 a 1, ponto máximo da qualificação. São considerados Excelentes aqueles que tiveram resultados acima de 0,8.

“Boa Gestão” equivale a nota entre 0,6 e 0,8. “Gestão em Dificuldade” vale para nota 0,4 e 0,6 e “Gestão Crítica” a 0,4 pontos. O Blog procurou a Prefeitura de Juazeiro, mas até o momento não recebemos um posicionamento da gestão municipal. (Com informações do Bahia Notícias).

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios