Regional

“Quero ajudar meu povo”, diz astro do Liverpool

Conhecido pelo seu lado filantropo, o atacante do Liverpool, o senegalês Sadio Mané, é um dos atletas de maior sucesso da atualidade, tendo recebido de Lionel Messi o voto de melhor jogador do mundo de 2019. Aos 27 anos, ele falou à imprensa sobre suas ações para ajudar a população mais pobre de Senegal, país africano onde nasceu e é ídolo.

“Por que eu teria dez Ferraris, vinte relógios de diamante e dois jatinhos? O que isso significaria para mim e para o mundo?”, questionou Mané, em entrevista atribuída a publicações como o Tele Dakar e o Canal + Sport Afrique, que cobriram jogos da seleção senegalesa na data Fifa, e repercutida nesta quinta-feira, 17, por grandes jornais europeus, como o espanhol Marca e português Record.

O jogador, que iniciou sua carreira profissional no Metz, da França, e passou pelo Red Bull Salzburg, da Áustria, antes de consagrar no campeão europeu, contou que construiu escolas e estádios e frequentemente fornece dinheiro, roupas e comida a pessoas pobres na África.

“Passei fome, tive que trabalhar no campo. Passei momentos duros, jogava futebol descalço, não tive a mesma educação que outros, mas hoje, com o que conquistei no futebol, posso ajudar meu povo”, afirmou, segundo informa a Veja Online.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios