Regional

Resumo da sessão ordinária da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim desta terça-feira 23/04

Veja o resumo da sessão ordinária da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim desta terça-feira

Nessa terça-feira, 23 de abril, foi realizada a 13ª sessão ordinária, no ano de 2019, da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim. Conduzida pelo Presidente da Casa, vereador, Cleiton Vieira, a sessão teve início às 19h10min, após a chamada dos vereadores, onde havendo número legal é declarada aberta a sessão. Onde atendendo o Regimento Interno, em seu art. 141, foi encaminhada a ata da sessão anterior aos e-mails de todos os Vereadores, foi coloca a mesma em discussão e ninguém querendo discutir é colocada em votação, sendo aprovada.

Passa-se à leitura do expediente, que com a sobra de tempo, o presidente passa para ordem dos vereadores inscritos e franqueia a palavra ao primeiro vereador inscrito, Reinaldo Ferreira Santana, o vereador iniciou sua falando sobre a sua alegria em participar da assinatura da ordem de serviço da construção de 20 aviários, na comunidade de salinas, região do Distrito de Missão do Saí, beneficiando mais de 20 agricultores, com aviários, forrageiras, ração e equipamentos como motos, GPS, computador, além da contratação de um técnico, que vai ajudar aos beneficiários. O parlamentar também convidou os vereadores para participarem, no dia 3 de maio, da solenidade que fará a entrega de kits de apicultura, para 33 famílias, um projeto que tem um custo de aproximadamente R$ 92 mil reais. O vereador também falou sobre a pavimentação de 3 ruas do Distrito de Quicé, que será realizada através de sua solicitação, ao poder executivo, que realizará a obra com recursos próprios.

Dando continuidade franqueia a palavra ao segundo escrito vereador, Laércio Junior, que iniciou sua fala saudando os presentes e em seguida questionou o posicionamento da casa com relação ao governo municipal. “O governo municipal mandou um projeto  pedindo o parcelamento de débitos da Embasa, porque ninguém sabe onde está indo o dinheiro de Senhor do Bonfim, em 2018, se arrecadou R$ 138 milhões e 840 mil reais, se dividirmos esse valor por dia caiu na conta da prefeitura R$ 380 mil reais, e eles estão mandando um projeto de parcelamento da Embasa, porque eles estão devendo desde abril de 2017, e queria ver o discurso de alguns vereadores, que quando em abril de 2017 era o parcelamento do governo anterior, vocês diziam aqui que o governo era caloteiro, vocês vão falar a mesma coisa do governo de vocês agora, que é caloteiro eu vou aguardar, pra ver se algum colega, vai chamar o governo agora de caloteiro, vou fazer questão de colocar o áudio de vocês novamente, para verem como é diferente”, disse. Em seguida o parlamentar, membro da comissão de finanças, que analisa o projeto, afirmou que pediu informações sobre os débitos, como valores, os meses e recebeu apenas um ofício, que não responde os questionamentos da comissão. “Só vou emitir o parecer quando o Benito Brasileiro, resolver respeitar essa casa e mandar as informações de onde é que está devendo, quantos meses estão devendo e qual o valor, qual o problema, de passar isso para os vereadores, será que vamos dá um cheque em branco a prefeitura, e não vamos querer saber, estamos aqui pra legislar com seriedade ou brincar de ser vereador,  então espero que o presidente tenha um bom senso, o senhor que tem feito um excelente trabalho a frente dessa casa, espero que o senhor ligue para o Sr. Benito Brasileiro, e peça que ele responda o oficio da forma que ele foi enviado, pedindo mês a mês, as informações, tão devendo a água de onde, é do posto de saúde, qual o valor que estão devendo”. O vereador também pediu aos parlamentares da casa que visitam a prefeitura, que converse com o Secretário de Obras, Ivan Barbosa, porque segundo o vereador a cidade está tomada de mato, “todos os lugares em Bonfim o mato está tomando conta, e nós vereadores que temos o papel de fiscalizar, não estamos fazendo nada, e pra onde é que está indo o dinheiro, eu fiz um levantamento, do primeiro dia do governo até hoje, e estamos falando aqui que o atual prefeito já arrecadou aqui R$ 325 milhões de reais, e pra onde está indo esse dinheiro, será que Benito sabe dizer pra gente, pra onde está indo esse dinheiro e outra coisa Senhor Presidente, até agora eu estou vendo está casa em silencio com relação ao ajuste dos servidores, ao reajuste dos professores, estou vendo essa casa em silencio os 15 vereadores, em silencio, nenhum vereador está indo em favor do servidor público”, finalizou o vereador. 

Em seguida o presidente franqueou a palavra ao terceiro inscrito, vereador Elizeu Conceição. Que iniciou sua fala afirmando para o vereador Laércio Júnior, que o governo de Carlos Brasileiro é um governo sério. “O senhor sabe que esse governo é sério, eu nunca vi a oposição bater palma para as obras que o prefeito fez nessa cidade, eu nunca vi o vereador chegar nessa tribuna e bater palmas para a policlínica, que Brasileiro está trazendo pra Senhor do Bonfim, eu nunca vi a oposição chegar aqui e bater palma para o governo pela construção do Hospital Regional, eu nunca vi bater palma pelo Mercado Municipal, pelos calcamentos do Bonfim III, pelo calçamento do Santa Luzia, pelo calçamento da Tv. Carrapichel, na Casa Populares, eu nunca vi, e sabe quando vocês vão ver a oposição bater palma para Carlos Brasileiro, e sabe quando vocês vão ver a oposição bater palma, nunca, então eu vou falar da obra, de pavimentação das Ruas São Geraldo e São Gerônimo, no bairro da Jacutinga,  que vai ser feita, através do meu pedido, que para a alegria dos moradores, essa obra deve ser finalizada em breve” disse. Em seguido o vereador falou da visita ao Ministério Público, para tratar sobre o preço do gás de cozinha e do combustível, onde segundo o vereador é um preço injusto que se paga em Senhor do Bonfim. “Gostaria de parabenizar a vossas excelências que foram hoje comigo, vereadores Laércio Junior, Cleiton Vieira, Andreilto Almeida, Dr. Jorginho e Reinaldo José, onde tivemos uma conversa boa com a Dr. Daniele no Ministério Público, que nos explicou a maneira que o MP executa suas investigações, e no momento certo o MP vai dar a resposta que o povo bonfinense espera, então é esse o trabalho que os vereadores devem fazer, eu ouvi, no ultimo domingo, o programa do radialista, Ivan Silva, e fico sem entender tem horas que pede ao vereador e até ao MP para cobrar, e no último domingo ele disse ‘pra que tanto barulho’, eu quero dizer que se essa casa não fizer barulho as coisas não acontecem”, disse.

O quarto inscrito, vereador Jorge Souza e Silva, após saudar os presentes, também iniciou seu discurso falando sobre a visita ao Ministério Público, para tratar sobre o valor do gás de cozinha do combustível e também sobre os problemas de atendimento bancários de Senhor do Bonfim, segundo o vereador após percorrer os postos de combustíveis em Senhor do Bonfim, analisando o valor da gasolina, comprava o cartel instalado em Senhor do Bonfim, o relatório foi entregue ao MP. Outro assunto que levou o vereador a tribuna foi para tratar sobre a violência em Senhor do Bonfim, sobre a fuga de custodiados no complexo de Senhor do Bonfim e sugeriu que fosse chamado o comando das forças de seguranças de Senhor do Bonfim.

João Carlos de Castro, foi o quinto vereador inscrito e falou sobre a perca de pessoas que comoveram o Distrito de Igara, na última semana. Em seguida falou sobre a apresentação da Paixão de Cristo, realizados por jovens, no Distrito de Igara e sobre o sábado de Aleluia, que teve queima do Judas, que já é uma tradição em Igara. O parlamentar também falou que antes de falarem do Distrito de Igara, se informarem, para não vim com discursos de politicagem, ou com interesse particular. “Disseram que Igara está cheia de funcionários, é só pegar a folha e ver que quantos garis concursados tem naquele Distrito trabalhando, nós tínhamos 11 funcionários, saíram 5, 3 por questão de saúde e 2 solicitaram transferência para a sede, por questão particular, então com a extensão que temos imaginem 6 ou 7 funcionários para dar conta daquele Distrito”, disse o vereador.

Passa para Ordem do Dia, onde não havendo nenhuma matéria para ser lida e discutida o Sr. Presidente passa a franquear a palavra aos vereadores por inscrição de Bancadas, sendo franqueada a primeira bancada DEM/PMN/PPS composta pelos Vereadores Gerivaldo Ribeiro Sampaio, Otávio Xisto de Souza Júnior e Laércio Muniz de Azevedo Júnior e usa da palavra o Vereador Gerivaldo Ribeiro Sampaio. O parlamentar falou sobre o discurso dos vereadores que o antecederam. “Ouvi atentamente o discurso dos vereadores que muitas vezes vem a essa tribuna apenas, defender o governo, e gostaria de dizer que realmente tem momentos que devemos bater palma, agora conviver numa situação que Senhor do Bonfim vem passando, sem segurança, sem saúde, sem estradas, temos que responder com ironia, a situação dos funcionários municipais, e temos que bater palma por tudo, ouvi aqui o vereador Laércio dizer Senhor do Bonfim, tem R$ 380 mil, pra gastar por dia, mais de R$ 3 milhões de arrecadação da TIP, e temos tantas reclamações por uma lâmpada, isso realmente os estimulas a bater palma, e ser contra a população”, disse o vereador. O parlamentar continuou, “Vamos ver o asfalto que liga a sede ao Distrito de Quicé, feito a ano, para verem o inicio de alguns buracos, que hoje já se encontra na estrada”. O parlamentar falou ainda que todos os dias vê os vereadores da base, comemorando obras que serão feitas pelos governos federal e estadual, como se fossem do prefeito, Carlos Brasileiro. O vereador também falou sobre o descaso do município na saúde pública, no transporte de alunos, e em diversas áreas do município.

Em seguida é franqueada a segunda bancada PRTB/PSD, composta pelos Vereadores João Carlos de Castro, Jorge Souza e Silva Filho e Reinaldo Ferreira Santana e usa da palavra o Vereador João Carlos De Castro, que usou mais uma vez a palavra para falar sobre o Mercado de Carne de Igara, que está em reforma, conseguido através de seu mandato, em parceria com o Deputado Estadual Bobô e com quase 85% pronto.

É franqueada a terceira bancada PT/PROS, composta pelos Vereadores Hermógenes Gomes de Almeida, Elizeu Conceição de Souza, Edson Ribeiro da Silva e Reinaldo José da Silva e usaram da palavra os vereadores Edson Ribeiro da Silva e Elizeu Conceição de Souza. O vereador Edson Ribeiro da Silva, iniciou sua fala criticando as estradas vicinais e os cemitérios dos Povoados de Umburana e Cariacá que segundo o vereador estão abandonados, e em seguida falou sobre a falta de médicos na UPA, e afirmou que se o município hoje não consegue manter médicos na UPA, como vai manter a Policlínica Regional e UTI, que tem mais de 60 médicos. O vereador também falou sobre o atraso no pagamento dos carros que rodam com os pacientes, e finalizou falando sobre a falta de remédios nos postos de saúde. O vereador Elizeu Conceição de Souza, falou sobre o discurso do vereador Gerivaldo Sampaio, que criticou o governo municipal, afirmando que ele não enxerga as obras do governo de Carlos Brasileiro, e não lembra do governo passado ele ficou 4 anos calado enquanto Senhor do Bonfim estava se acabando e criticou os vereadores que não prestam atenção ao discursos, e afirmou ser uma falta de respeito aos parlamentares e pediu respeito. Falou também sobre o vereador Edson Ribeiro, afirmando que o vereador tem que procurar saber se as informações são verdadeiras. Criticou também a maneira como o vereador Laércio Junior se comporta, como se tivesse raiva, ódio quanto escuta o nome de Carlos Brasileiro e sobre as obras que o governo municipal está realizando. E finalizou afirmando que para a oposição quanto pior melhor, porque o interesse maior é o amanhã, porque quer se tornar prefeito.

Por último falou a quarta bancada PCdoB/PSB/PRB, composta pelos Vereadores Andreilto de Almeida Barbosa, Alexandre Ferreira, Carlos Alberto Dias Dos Santos e a Vereadora Lúcia Cristina Souza Cerqueira da Silva e usam da palavra os Vereadores Lúcia Cristina Souza Cerqueira Da Silva, Carlos Alberto Dias dos Santos e Andreilto de Almeida. Lucia falou sobre a apresentação, que completa 10 anos, da Paixão de Cristo, que foi realizada no Distrito de Igara e parabenizou o grupo OPA que realiza a apresentação, e parabenizou o início das obras do loteamento Vila Bela, afirmou também que a obra da Unidade Básica de Saúde, do bairro São Jorge é uma emenda do Dep. Valmir Assunção. Em seguida o vereador Carlos Alberto Dias dos Santos, falou sobre a matéria publicada no blog do radialista Cléber Vieira, que lhe causou uma preocupação, a matéria fala sobre municípios baianos, entre eles Senhor do Bonfim, mostrando que consomem um perigoso coquetel com agrotóxicos encontrados na água utilizada pela população, e convocou os vereadores para irem em uma visita na Embasa, para que possam explicar como está sendo o tratamento utilizado pela  Embasa. O vereador Andreilto Almeida falou sobre o tempo de debate que vem sendo usando pelos parlamentares naquela casa e falou sobre o pronunciamento do vereador Elizeu Conceição, mostrando o papel de situação e oposição “É muito importante a leitura que o vereador fez, porque em um determinado momento o vereador de situação se comporta de maneira mais tímida, esperando os quatro anos se passar para bater no governo que está por vim, que é contra ele, essa leitura é muito importante, ela reflete muito bem o momento em que vivemos hoje, mas acho que estamos subestimando a capacidade do povo de fazer as suas próprias conclusões, estamos aqui como situação e oposição e o povo tá vendo de maneira critica a participação desses governos e desses políticos, então queria usar aqui as palavras de uma amiga professora a quem eu sou solidário por ser professor e amanhã estarei na assembleia do Sismusb, acompanhando preocupado essa situação do governo e do trabalhador, porque estamos sim participando ativamente dessa situação, procurando uma solução para esse impasse, e essa minha amiga me encontrou durante a inauguração de pavimentação da rua dela e me disse ‘Andreilto, eu vim aqui hoje à noite aplaudir o prefeito que está calçando minha rua, amanhã pela manhã eu vou pra porta da prefeitura cobrar dele o reajuste do servidor’ então esse é o papel do cidadão critico e consciente que está para além dessa situação de situação e oposição, então não cobrem da situação amigos vereadores que não batam palma para o governo que está trabalhando como o governo de Carlos Brasileiro, é notório e temos que aplaudir as 50 abras que dentro de 2 anos, eu tenho que aplaudir e agradecer a atenção que o prefeito Carlos Brasileiro e ao Dep. Bobô deram através de emenda parlamentar para pavimentação do Santa Luzia, para pavimentação que começou hoje no Vila Bela, de mais três ruas, emenda do deputado Bobô, com inserção nossa, e que se Deus quiser com a capacidade de gestão do prefeito Carlos Brasileiro da outra emenda do deputado Daniel Almeida, de R$ 400 mil reais, para o povoado de quebra facão, ira sobrar recursos para pavimentar mais uma rua no Vila Bela, estive naquela comunidade hoje conversando com os moradores sobre isso, então é esse discurso propositivo que temos que trazer para essa casa, e como servidor público não poderia deixar de cobrar e fica aqui meu registro que amanhã estarei cobrando do celeridade que hoje se encontra a reposição salarial do servidor público de Senhor do Bonfim” finalizou o vereador.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios