TAVARES
BrasilEntretenimento

Após ameaças, Marília Mendonça apaga publicação contra Bolsonaro

Após ameaças, Marília Mendonça apaga publicação contra Bolsonaro

Após ameaças, Marília Mendonça apaga publicação contra Bolsonaro

Depois de compartilhar vídeo aderindo à campanha #EleNão, contra o candidato Jair Messias Bolsonaro (PSL), Marília Mendonça passou a ser vítima de ataques de fãs e eleitores do presidenciável nas redes sociais. De acordo com a cantora, seus familiares chegaram a receber ameaças após a postagem. Por conta disso, Marília apagou o vídeo, publicou uma foto do lado do irmão e da mãe e escreveu um texto pedindo paz.

“Essa sou eu, aquela é minha mãe e aquele é meu irmão. Minha família é constituída dessas 3 pessoas, que juntas acreditaram nas promessas de Deus e nos seus sonhos. Eu sou uma menina de 23 anos, cheia de amigos das mais variadas formas e conceitos que sempre respeitou o seu espaço, e construiu com apenas algumas boas torcidas e muita fé, o que tenho hoje. Em uma noite, tudo o que foi construído com amor e carinho foi apagado na mente de algumas pessoas. Me sinto mal e minha cabeça dói por imaginar que anos de luta se basearam nisso, no final das contas”, escreveu a sertaneja.

“Deixo aqui, o meu pedido de desculpas à todas as mulheres que acreditei estar defendendo naquele momento. Deixo aqui o meu pedido de desculpas à todos os homens, por em um instante de loucura acreditar que uma opinião não feriria a vocês. Eu realmente achei que poderia. Minha mãe tem recebido ataques tanto quanto o restante da minha família que nem compartilham da mesma opinião que a minha. Deixo aqui essa mensagem, e o meu profundo silêncio em qualquer questão que seja política. A gente pede encarecidamente PAZ! É isso que eu busco! Não posso opinar já que não sei do que o Brasil precisa! Tá na mão de vocês, galera! Boa sorte à todo mundo! Que Deus nos abençoe!”, escreveu.

No vídeo publicado inicialmente, Marília dizia não querer retrocesso. Na legenda da publicação, ela ainda desafiava as cantoras Gal Costa, Maiara e Maraísa a entrarem no movimento contra Bolsonaro.

O cantor Caetano Veloso postou um vídeo de apoio. “Marília Mendonça, quero prestar solidariedade ao que você está passando, porque já sofri também ataques violentos e muito intensos e muito numerosos na internet. Eu sei como é isso. Então. Estou com você. Você tem todo o direito ao silêncio e de proteger a tranquilidade de sua famíla. Mas saiba também que muito disso são robôs”, disse o baiano.

Fonte: Correio24hs

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios