PREFEITURA DE ANDORINHA maio
Regional

Ações da Câmara de Vereadores de Andorinha

Ações da Câmara de Vereadores de Andorinha

Andorinha não pode ficar dependendo do Regional, precisamos de um Mini Hospital, afirma Ancelmo.

Diante da aproximação das eleições de outubro, o vereador, Ancelmo Enfermeiro, aproveitou para chamar a atenção da classe política, segundo ele, nao é admissível que uma cidade do porte de Andorinha não tenha um mini hospital “As eleições estão se aproximando, os políticos estão chegando, então está na hora dos políticos cobrar o nosso Mini Hospital, Andorinha não pode ficar dependendo de Bonfim, Juazeiro, e de uma regulação. A nossa saúde está bem, temos médicos, mas poderia está melhor, e precisamos cobrar a construção do nosso Mini Hospital” falou Enfermeiro.

Ele também saiu em defesa dos professores, e lamentou a informação que a secretária de saúde estaria importando técnico de enfermagem de Senhor do Bonfim, quando em Andorinha existem 15 profissionais.

Vereador sugeriu mudança na data base dos servidores.

Aproveitando a presença de alguns professores na galeria da Câmara, o vereador, Vagner Lavor, solicitou ao vereador líder do prefeito, Neguinho do Gregório, que solicitasse ao gestor que enviasse para a Câmara, projeto de autoria do executivo, modificando a data base do reajuste dos professores de Maio para Janeiro “Esse projeto chegando aqui tenho certeza que será aprovado por todos os vereadores, não justifica a data base de Andorinha ser em Maio, se a data base nacional é em Janeiro” explicou.

O vereador ainda afirmou ser contra a redução de incentivos dos Professores “Lembram das promessas de campanha? Então não aceitaremos nenhum direito a menos” concluiu.

Governantes estão tirando estímulo dos professores, afirma Ednaldo.

Discutindo na tribuna da Câmara a situação pela qual passa hoje o professor no Brasil, o vereador, Irmão Ednaldo, se dispôs a levantar a bandeira da educação, afirmando que gestores estão tirando o estímulo dos professores, “Ás vezes sonhamos com o poder e acabamos esquecendo nossos deveres, temos que valorizar o nosso professor, temos que reduzir gastos com os contratados, porque professor tem que ser valorizado, e o dinheiro é pra ser gasto com o professor e os alunos” disse Ednaldo.

Oposição quer que recursos da Ferbasa sejam investidos na saúde.

Tramita na Câmara de Andorinha, projeto de autoria dos vereadores: Vagner Lavor, Ancelmo Enfermeiro, Irmão Ednaldo e Agnaldo Pinheiro, que visa fazer com que os impostos que o município recebe da Ferbasa seja direcionado 10% para a saúde “Se a Ferbasa está bem, é sinal que o município arrecada mais, então esse percentual seria destinado apenas para o munícipio realizar exames e pequenas cirurgias” explicou o vereador.

O projeto está sendo analisado e aguarda parecer do setor jurídico da casa.
Vereador volta atrás e diz que se arrependeu por ter votado em projeto.

Afirmando que assume pelos seus atos, o vereador Nilton Matos, esteve na tribuna, justificando porque foi contra a convocação dos responsáveis do transporte escolar para ir à Câmara falar sobre a lotação que estaria acontecendo no transporte escolar “Sei que é proibido transportar pessoas que não sejam estudantes, mas sabemos que estamos em um região pobre, aonde as pessoas aproveitam o transporte que sai da zona rural e muito das vezes pegam uma carona até a sede, então não podemos’ explicou.

O vereador aproveitou para se desculpar com os trabalhadores rurais, segundo ele, por ter sido contra ao projeto que autorizava a transferência do Centro de Reprodução animal para responsabilidade de pequenas associações “Estive na reunião e vi a alegria dos trabalhadores rurais, e nesse momento quero pedir desculpas por ter votado contra o projeto que hoje está fazendo o homem do campo feliz ” disse Matos.
Vereadora afirmou que não está preocupada com reeleição, e sim com o município.

A vereadora Lurdinha informou a mesa da Câmara que será apresentado requerimento criando sugerindo a criação do fundo de segurança pública, segundo ela, segurança pública também é um assunto que merece atenção, e é por isso que sempre conta o melhor para o povo de Andorinha.

“Eu faço o que posso, às vezes lá fora é uma coisa, mas aqui dentro tudo é diferente. Faço de tudo para melhorar, e eu não estou preocupada com reeleição, se agente for reeleito é porque o povo reconheceu nosso trabalho, se não for reeleito é porque está na hora de ceder o espaço para outra pessoa” explicou a vereadora.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique Também

Close

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios