PREFEITURA DE ANDORINHA maio
BANNER NOVO DE PONTO NOVO
prefeitura de andoirnha junho
Regional

Juiz majora pena de acusados de roubo com arma por inconstitucionalidade de inciso do CP

Juiz majora pena de acusados de roubo com arma por inconstitucionalidade de inciso do CP

O juiz de Direito Manuel de Farias Reis Neto, da 1ª vara Criminal de Dianópolis/TO, condenou dois acusados de roubo com uso de faca a cinco anos e seis meses de reclusão cada. Na decisão, o magistrado reconheceu a inconstitucionalidade de inciso do artigo 157 do Código Penal – alterado pela lei 13.654/18 – e aumentou a pena inicial dos acusados, de quatro anos, ao considerar o uso de arma branca como majorante.

De acordo com os autos, os homens estavam sobre uma moto quando renderam duas vítimas, apontando uma faca em direção a elas. Ao pegar o celular de uma delas, os suspeitos fugiram.

Ao analisar a ação penal, movida pelo MP/TO, o juiz considerou que, através dos depoimentos das vítimas e da testemunha, é comprovada a autoria do crime com uso de faca e com concorrência de agentes.

Na decisão, o magistrado observou que a lei 13.654/18 retirou inciso do artigo 157 do CP ao majorar a pena para crimes de roubo com arma de fogo, liberando o uso de armas brancas. O juiz entendeu que houve defeito no processo legislativo por meio do qual a lei foi sancionada e considerou que a mudança suprimiu ilegalmente o dispositivo do CP.

O magistrado reconheceu a inconstitucionalidade formal do inciso I do parágrafo 2º do artigo 157 do CP em sua atual legislação e entendeu que, de acordo com o decreto 3.665/00, a arma branca é artefato cortante e perfurante que coloca em risco a integridade da vítima.

Com essas considerações, condenou os acusados a cinco anos e seis meses de reclusão, majorando a pena que, inicialmente, seria de quatro anos, em função do uso de arma branca.

O promotor de Justiça Luiz Francisco de Oliveira atuou pelo MP/TO na causa.

Fonte: Migalhas

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios