Regional

Solla cobra prisão de militar que pediu ‘reação armada’ com Lula candidato

Solla cobra prisão de militar que pediu ‘reação armada’ com Lula candidato

Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

O deputado federal baiano Jorge Solla (PT) defendeu a prisão preventiva do general Luiz Gonzaga Lessa, por crime de conspiração contra a nação, previsto no Código Penal Militar.

Em entrevista ao Estadão, o militar falou em uma “reação armada” caso o Supremo Tribunal Federal (STF) permita a candidatura do ex-presidente Lula (PT). A Corte julga nesta quarta-feira (4) pedido de habeas corpus do petista.

“Se acontecer tanta rasteira e mudança da lei, aí eu não tenho dúvida de que só resta o recurso à reação armada. Aí é dever da Força Armada restaurar a ordem. Mas não creio que chegaremos lá”, declarou o general.

“Quero cobrar que o general seja preso imediatamente por crime de conspiração contra a nação brasileira. Não se admite numa democracia que um general emparelhe a Suprema Corte. A decisão do Supremo só pode ser influenciada pelo que está escrito na Constituição”, criticou o parlamentar.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios