Regional

Geddel pede revogação de prisão com base em decisão do STF sobre Lula

Geddel pede revogação de prisão com base em decisão do STF sobre Lula

Geddel pede revogação de prisão com base em decisão do STF sobre Lula

A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima pediu ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), a revogação de sua prisão, com base no salvo-conduto concedido ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva até o julgamento de seu habeas corpus. O pedido será julgado no dia 4 de abril pelos ministros. Até lá, o petista não deverá ser preso, mesmo após julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Preso preventivamente desde o dia 8 de setembro, Geddel ainda não foi julgado ou condenado. A prisão ocorreu três dias depois que a Polícia Federal (PF) encontrou R$ 51 milhões em dinheiro no apartamento ligado ao político. “Seguindo o prudente posicionamento do Tribunal Pleno, quando se entendeu pela impossibilidade de se impingir ônus pela demora da prestação jurisdicional ao processado, requer a consequente expedição de alvará de soltura, ainda que condicionada à imposição de medidas diversas da prisão”, argumentam os advogados.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios