Regional

Acusado de estupro em boate de Jacobina é denunciado à Justiça

Marcus Rodrigues Machado, 34 anos, acusado de estuprar uma jovem dentro de uma boate em Jacobina, na noite do dia 31 de dezembro, foi denunciado formalmente à Justiça pelo Ministério Público. Na denúncia, a Promotoria de Jacobina solicitou a manutenção da prisão preventiva de Marcus durante o processo.

A denúncia foi realizada nesta segunda-feira (15), de acordo com o MP. No documento, também foi requerido o sigilo do processo.

De acordo com a polícia, a vítima foi com amigos para uma boate e, por volta das 3h, na saída do banheiro, ela encontrou com Marcus e pediu ajuda para encontrar o grupo de amigos. Nesse momento, Marcus levou a vítima para perto de uma saída de emergência, onde, conforme a investigação, a estuprou.

Câmeras
Imagens de uma câmera de segurança do local mostram o momento em que a vítima aparece de mãos dadas com  Marcus. Por causa da imagem, a defesa dele afirma que não houve estupro.

“As filmagens das câmeras de segurança são claras ao demonstrar que Marcus e C.S.B aparecem de mãos dadas, ela o acompanhando livremente. Estas imagens são absolutamente incompatíveis com a acusação de estupro”, diz uma nota enviada pelos advogados.

Na terça-feira (2), a Justiça converteu a prisão em flagrante do suspeito para preventiva. Segundo a Polícia Civil, a conversão ocorreu porque Marcus confessou o crime e, além disso, um laudo pericial também comprovou o estupro. No entanto, Marcus afirma que não houve confissão.

Fonte: Correio da Bahia

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios