Regional

BONFIM: Município teria desprezado compromissos e ordens judiciais, e por isso, MP recomenda suspensão de contratações temporária.

O município de Senhor do Bonfim, representando pelo prefeito Carlos Brasileiro, juntamente com os secretários, Cláudio Nunes (Administração), Angeli Matos (Saúde), Vera Magalhães (Ação Social) e Cristiane Maia (Educação)  foram notificados pelo Ministério Público e por meio de recomendação  terão que suspender imediatamente  o trâmite do processo de seleção simplificada iniciado a partir do mês de Janeiro de 2017,  estando também o município  proibido de receber inscrições no período de 20 a 22 de Setembro.

Ainda em sua recomendação o Ministério Público solicita e recomenda ao prefeito Carlos Brasileiro e ao Secretário de Administração Cláudio Nunes que nos próximos editais de seleção simplificada para contratação de pessoal, observem rigorosamente e fielmente os comandos da decisão proferida nos autos da ação Civil pública, bem como os limites do termo de ajustamento de conduta, sob pena de se evidenciar, no caso, ato típico de improbidade administrativa.

O Ministério Público alega que passados quase três meses da assinatura do termo de ajustamento de conduta, o município não emitiu sinalização mínima no tocante às providências adotadas para concluir o procedimento administrativo que foi aberto na intenção de apurar possíveis irregularidades do concurso público realizado em 2016, desprezando todos os compromissos assumidos perante o Ministério Público e as ordens judiciais já expedidas.

Ao secretário de Administração Cláudio Nunes, o Ministério Público requisitou que no prazo de dez dias, ele encaminhe a Promotoria todo  teor do procedimento administrativo, e caso aja omissão,  podendo o mesmo ser responsabilizado de forma jurídica nas mais diversas esferas.

Em contato com o prefeito Carlos Brasileiro, até o fechamento desta matéria, o mesmo não havia se manisfestado sobre o assunto.

Da redação do site ivansilvanoticia com informações do MP.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios