PREFEITURA DE ANDORINHA maio
Regional

Senhor do Bonfim e municípios da região continuam dependendo do IML de Juazeiro.

Na última sexta-feira uma equipe de Salvador esteve em Senhor do Bonfim vistoriando a área do Derba aonde o governo da Bahia pretende construir não somente o necrotério regional, como também o DISEP.
Enquanto a obra milionária não sai do papel, os corpos continuarão sendo levados para o IML de Juazeiro, isso porque,  a estrutura que antes servia para realizar os trabalhos foi interditada após a visita de um engenheiro do estado.
Informações que o Conselho de Segurança do município,  que dispõe de recursos em caixa,  dinheiro esse repassado pelo justiça e que só pode ser usado na área de Segurança,  teria oferecido ajuda para construir de forma provisória um necrotério,  mas segundo fontes a ajuda teria sido recusada, dando como justificativa que se fosse construído um necrotério,  o estado poderia não mais fazer o investimento que está previsto, construindo o IML e o DISEP que abrigarão toda estrutura da Polícia Civil e Polícia Técnica.
Enquanto o projeto não sai do papel, mesmo o IML de Bonfim dispondo hoje de cinco médicos legistas, por falta apenas de uma simples estrutura, os familiares das vítimas de morte violenta continuarão dependendo da liberação do IML de Juazeiro para separarem seus familiares, isso porque,  Bonfim tem DPT, mais não tem o IML.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios