PREFEITURA DE ANDORINHA maio
Regional

Prefeito Carlos Brasileiro acompanha a execução do Programa Mutirão de Cirurgias Eletivas no Hospital Regional Dom Antônio Monteiro

O prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro, acompanhado da secretária de saúde – Angeli Matos e do representante do Governo do estado, Nelson Costa, acompanharam a execução do Programa Mutirão de Cirurgias Eletivas do Governo do Estado. A equipe iniciou o acompanhamento pelo setor responsável pelo acolhimento dos pacientes, depois seguiu até o consultório onde os pacientes realizam a entrega de documentos e exames pré-operatórios, e seguiu para a enfermaria – onde os pacientes aguardam até serem encaminhados para realização do procedimento cirúrgico.

“Esse programa do governo do estado é fantástico. No período de 03 a 07 de julho foram atendidos 85 pacientes que realizaram procedimentos cirúrgicos de mioma, vesícula e retirada de hérnias (umbilical, inguinal, gástrica). Até o dia 20 deste mês vamos atender todos os 384 pacientes agendados”, falou o prefeito. A secretária de saúde, Angeli Matos, afirmou que esse programa de cirurgias vem acontecendo no estado deste setembro do ano passado e continua até o mês de novembro deste ano com estimativa de atendimento de 13 mil pacientes. Ainda, segundo a secretaria, até o momento foram realizadas 7.847 cirurgias em toda Bahia.

Post Relacionados

1 thought on “Prefeito Carlos Brasileiro acompanha a execução do Programa Mutirão de Cirurgias Eletivas no Hospital Regional Dom Antônio Monteiro”

  1. Caro Ivan,

    Hoje, 10.07, li uma notícia que reclamava da falta de médico no HDAM, haja vista de que o plantonista teria adoecido.
    Leio acima, a sua reportagem sobre as cirurgias eletivas que estão acontecendo no Hospital, dando conhecimento de que foram atendidos 85 pacientes do dia 03 ao dia 7 do mês corrente. Observo que tais procedimentos cirúrgicos são bem vindos para a população, no entanto, devo salientar que os procedimentos cirúrgicos elencados ( vesícula, mioma e hérnias simples ), são procedimentos de baixo a porte e que não representam o foco das necessidades do Município e Micro-região. O buraco é mais embaixo, precisamos executar atos cirúrgicos de maior complexidade, principalmente os ortopédicos que deixam a desejar e obrigam a transferência do paciente para outros centros.
    Não é bom vender ilusões, o que a população precisa é atos concretos, deixemos a maquiagem para os salões de beleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios