Regional

BONFIM: Justiça não aceitou que emissora transmitisse júri ao vivo.

Foto netomaravilha

O Juiz da Vara Crime de Senhor do Bonfim, Teomar Almeida,  indeferiu o pedido de uma emissora de rádio da cidade que pretendia transmitir ao vivo o júri dos irmãos Macedo,  realizado na última terca-feira (18).

Depois de analisar o pedido formulado pela emissora Rainha FM,  o magistrado indeferiu o pedido, alegando não merecer acolhimento,  visando evitar prejuízo as partes, visto que não foi observado o prazo,  de modo que não havia tempo hábil para que as pessoas que iriam participar pudessem dar sua opinião,  se a emissora poderia ou não fazer a transmissão ao vivo.
Ainda nas suas conclusões, o juiz afirmou que a transmissão ao vivo fere a dignidade da vítima, dos réus e das testemunhas, além de poder influenciar na decisão dos jurados “A transmissão traz um constrangimento extra e desnecessário ao jurado, que pode temer fazer uma escolha que não agrade a população, aos réus ou as suas famílias e a família da vítima. Apesar de não ter contato com o meio externo, só o fato de saber que o julgamento está sendo transmitido, passa uma responsabilidade extra ao jurado. Fato esse, que não é saudável para a imparcialidade do Conselho de sentença” escreveu o Juiz.
Mesmo diante do pedido indeferido,  foi permitido a emissora fazer cobertura por meio de flashes de reportagens na parte externa do salão do júri.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios