Regional

Justiça manda recolher livro que cita papo entre ministro e Bonner

A Justiça determinou que as edições ainda disponíveis para venda do livro “Devaneios sobre a atualidade do capital” sejam recolhidas. É que a publicação cita uma suposta conversa entre o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, e o jornalista e editor-chefe do jornal Nacional, da TV Globo, William Bonner.

De acordo com o Diário de Pernambuco, Gilmar Mendes considerou o texto inapropriado e entrou com uma ação por danos morais contra os autores Clóvis de Barros Filho e Gustavo Daineze e a CDG Editora, que ainda terão que pagar uma indenização de R$ 10 mil.

 No livro, a suposta conversa entre o jornalista e o ministro é narrada assim por um dos autores:  “Fui a uma reunião de pauta do Jornal nacional, e o William Bonner liga para o Gilmar Mendes, no celular, e pergunta. ‘Vai decidir alguma coisa de importante hoje? Mando ou não mando o repórter?’. ‘Depende. Se você mandar o repórter, eu decido alguma coisa importante'”, diz o trecho incluído na publicação.

Apesar da medida, lojas virtuais como a da Livraria Cultura e a da Saraiva continuam vendendo o livro.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios