TV SILVA

Carregando...

Policia recuperou em Cansanção carga com 3,6 mil medicamentos roubada em Valente e prende suspeitos

em - Regional | Deixar Comentário  

7e95b524-6d91-4b8a-b699-94ed0fc7c512

Uma guarnição do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto/Santaluz) juntamente com o subcomandante da 5ª Companhia do Décimo Sexto Batalhão de Polícia Militar recuperou nesta quinta-feira (5) na cidade de Cansanção, uma carga com 3.639 itens entre medicamentos e outros produtos farmacêuticos. De acordo com a PM, a carga havia sido roubada durante a manhã, em Valente, por volta das 10h40. Após serem informados do roubo, os policiais foram até o local para averiguar o ocorrido e conseguiram recuperar o material após diligência, no início da noite. Um homem identificado como Cícero Bispo de Sousa, de 45 anos e o filho dele, Rodrigo Trindade Sousa, de 24, foram presos e com eles apreendidos dois veículos gol, ambos com placas de Cansanção. Conforme a polícia, os suspeitos, que são donos de uma farmácia em Cansanção, teriam alugado os carros para cometer o crime. A dupla foi conduzida à delegacia de Valente, juntamente com o material apreendido.

Fonte: Noticiade santaluz

Dia das Mães: Convite do Vereador Rê do Sindicato

em - Regional | Deixar Comentário  

REC

No próximo domingo acontecerá a 2ª rodada do Campeonato Andorinhense de Futebol Amador

em - Regional | Deixar Comentário  

AND

No próximo domingo, dia 8 de maio, dois jogos irão movimentar o  Campeonato Andorinhense 2016. As partidas válidas pela 2º Rodada da competição vão acontecer no campo da localidade de Caldeirão da Vaca.

O primeiro confronto será entre Morro Branco x Riacho Seco, a partir das 14h30. Os times de Salgado e Teixeira se enfrentam a partir das 16h. Oito equipes estão participando da competição que tem recebido um bom público em todos os jogos.

O Campeonato Andorinhense de Futebol Amador,  vai distribuir  R$ 6 mil reais em prêmios para o campeão, vice – campeão, artilheiro e melhor goleiro da competição.

O evento está sendo realizado pela prefeitura de Andorinha, por meio do Departamento de Esportes.

ANDORINHA: Governo atrasa repasse de verba e proprietários de carros pipa estão com pagamento atrasado, denuncia vereador.

em - Regional | Deixar Comentário  

Vereador;Marinaldo Souza

Proprietários de carros pipa que prestaram serviço ao município de Andorinha reclamam que até agora não receberam seus pagamentos, segundo informações, os serviços já foi prestado durante a estiagem de 2015. Na sessão passada, quem explicou o motivo do atraso foi o vereador, Marinaldo de Souza,  que usando a tribuna, solicitou apoio dos demais vereadores “O governo do estado ainda não fez o repasse do convênio, e por esse motivo, os proprietários dos carros ainda não receberam pelo serviço já prestado. O valor do convênio é de pouco mais de R$ 52.000,00 (cinqüenta dois mil reais), sabemos que alguns municípios já receberam, e seria importante que fôssemos até Salvador solicitar apoio de alguns deputados” sugeriu o parlamentar.

Antes de abordar o problema dos proprietários de carros pipa, o vereador Marinaldo de Souza, lembrou que no dia 12 de Junho, com apoio da Ferbasa, acontecerá em Andorinha o primeiro passeio de bicicleta, “Essa competição vem crescendo em nosso município, já estivemos na ferbasa, e com fé em Deus nós teremos esse apoio e essa competição será realizada em nosso município” disse Marinaldo.

ANDORINHA: Falta de pagamento dos pipeiros é caso para o Ministério Público, diz Cantídio Barbosa

em - Regional | Deixar Comentário  

Vereador; Cantídio Barbosa

Afirmando que o pagamento que seria para pagar os proprietários dos carros pipa já havia chegado, o vereador, Cantídio Barbosa, lembrou ao colega, Marinaldo de Souza, que no ano passado convidou prepostos da prefeitura para uma reunião, justamente para saber onde tinham jogado o dinheiro. Na opinião do vereador da oposição, a explicação dada na época foi moleca e desonesta, “Estão brincando, precisam respeitar o dinheiro do povo, pedir que vereador vá a Salvador pedir apoio a deputado para que verba seja liberada? O vereador tem é que conversar com a prefeita e mandar ela resolver o problema. Já comeram o dinheiro, meteram no bolso da calça, e até hoje os pais de famílias estão sem receber, isso é caso para Ministério Público” lembrou o vereador.

Ainda destacando o problema dos pipeiros, segundo o parlamentar, por se tratar de um programa de combate a seca, Cantídio Barbosa lembrou que o município só contrata o serviço depois que o dinheiro fica disponível, “Como é que vem dizer que o governo não pagou, se o serviço só é contratado depois que o dinheiro chega. Foi por isso que chamei de ladrão, e ainda teve um vereador que chegou a dizer que eu estava falando besteira, todo mundo sabe que essa água levada para as comunidades não era de Ponto Novo, e sim das barragens, e ainda cobravam pela viagem R$ 250,00, (duzentos e cinqüenta reais) e na reunião que teve aqui, o Lourenço ainda disse que o dinheiro não dava” criticou Barbosa.

Governo quer usar afastamento de Cunha para suspender impeachment

em - Regional | Deixar Comentário  

PO governo quer usar o afastamento do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) como argumento para suspender a tramitação do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. O líder do governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), apresentará questionamento neste sentido na reunião da comissão do Senado que debate o tema. Ele disse que a advocacia-geral da União pode acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) com pedido na mesma direção. “O afastamento é uma decisão tardia, porém importante. A decisão comprova que ele praticou desvio de poder, desvio de finalidade, mas não só no processo no Conselho de Ética, mas também na aceitação do impeachment. Ficou patente que o pedido foi aceito como vingança porque o PT não aceitou blindá-lo no Conselho. Isso macula a decisão da Câmara e vamos pedir a suspensão do processo de impeachment”, disse Costa ao GLOBO, antes da reunião da comissão. A tese de que Cunha cometeu “desvio de poder” é um dos pontos que a defesa de Dilma vem apresentando desde a tramitação na Câmara. A tese do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, é que isso anula o processo desde sua origem. Cardozo, aliás, será ouvido pela comissão nesta quinta-feira para contrapor o relatório de Antonio Anastasia (PSDB-MG) pela admissibilidade do processo.

Ministros de Dilma podem custar quase R$ 6 milhões à União até novembro

em - Regional | Deixar Comentário  

Mesmo exonerados em caso de impeachment da presidente, os 32 ministros de Dilma Rousseff podem receber um total de R$ 5.939.328 em salários até novembro.

O valor refere-se aos 6 meses em que os integrantes da Esplanada poderão receber remuneração compensatória em razão da quarentena a ser cumprida após deixarem os cargos. No período, a União continua a bancar os vencimentos mensais de R$ 30.934.

As informações são do repórter do UOL Luiz Felipe Barbiéri.

Quarentena é a imposição de privação do exercício de atividades profissionais pela ex-autoridade, no período de 6 meses após o desligamento do cargo. A medida é uma forma de prevenir conflitos de interesses e preservar a integridade de informações privilegiadas.

Leia Mais

Câmara busca saídas para acelerar escolha de um novo presidente

em - Regional | Deixar Comentário  

Michel-Maranhao-Foto-AndersonRiedel-VPR-05maio2015

O establishment da política passou o dia todo nesta 5ª feira pensando nas saídas possíveis para uma troca na presidência da Câmara dos Deputados.

Com o afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da função, assume interinamente Waldir Maranhão (PP-MA). O deputado do PP não agrada a eduardistas nem aos que forçaram a saída do presidente da Câmara.

O problema é que Eduardo Cunha não perdeu o cargo. Está apenas afastado por tempo indefinido do mandato –e do comando da Câmara. O Regimento Interno da Casa fala em nova eleição para o presidente só quando o eleito sai em definitivo.

Há 3 hipóteses em análise:

1) cassação: tentar acelerar o processo contra Eduardo Cunha no Conselho de Ética. A chance de essa estratégia prosperar é incerta. Mesmo afastado, o peemedebista ainda tem poder para obstruir o trâmite de seu caso;

2) renúncia: Cunha reitera todos os dias que não pretende renunciar aos mandatos de deputado e de presidente da Câmara. Mas mesmo alguns de seus aliados tentam costurar algum conchavo: deixar o comando da Casa em troca de ter o mandato de deputado mantido. Por enquanto, essa saída é considerada remota;

3) CCJ arbitra: o grupo anti-Cunha espera encontrar uma solução política. Assim que a Mesa Diretora da Câmara for comunicada oficialmente do afastamento de Eduardo Cunha, líderes de vários partidos vão requerer que o assunto seja debatido pela Comissão de Constituição e Justiça. A ideia é que a CCJ possa interpretar que o cargo de presidente da Câmara está vago, de fato, e assim torna-se necessário convocar uma eleição num prazo bem curto –5 sessões (menos de duas semanas).

Leia Mais

Fora de cena, Cunha responderá processos

em - Regional | Deixar Comentário  

Fora de cena, Cunha responderá processos

Demorou, mas afinal desmoronou a “tranqüilidade” de Eduardo Cunha, por decisão em liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori  Zavascki, que o apeou nesta quinta-feira (5) da condição de deputado e presidente da Câmara Federal. Seguramente, é e permanecerá sendo o político mais detestado da República pela sua arrogância, além de formar um grupo de seguidores de terceira categoria na Câmara, que fazia o que determinava. Tido como um dos maiores corruptos do País (dentre muitos) foi o procurador Geral da República, Rodrigo Janot, que encaminhou ao STF nada menos de 11 desvios por ele cometidos, passando a responder a processos em diversas instâncias. A queda de Cunha que era esperada para hoje à tarde, levou o ministro Zavascki a se adiantar por estar em suas mãos um pedido feito em dezembro de 2015 pela Procuradoria Geral da República. Distanciado do seu mandato de parlamentar e da presidência da Câmara, ele comandou o processo de impeachment de Dilma Rousseff, e nesta manhã acabou por fazer uma bondade inesperada ao possível presidente Michel Temer, que agora fica livre dele. Era tudo o que queria. Seria um estorvo para sua possível presidência, na medida em que Cunha era freqüentador assíduo do Palácio do Jaburu, onde constantemente era visto. A limpeza do País, assim, está sendo comandada pelo STF e certamente a derrocada do agora ex-presidente da Câmara terá repercussão internacional porque era exatamente o que se desejava. É um motivo a mais para se entender que este processo de limpeza, iniciado a partir da Lava-Jato, não tem volta. Falta ainda desmantelar a corrupção política dentro do Congresso que afronta a nação. Chegará a hora que acontecerá.

Fonte: Bahia Noticia

Dilma achou ‘justa’ decisão de STF sobre afastamento de Eduardo Cunha

em - Regional | Deixar Comentário  

A presidente Dilma Rousseff tomou conhecimento da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, de afastar Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do cargo de deputado federal e, consequentemente, do comando da Câmara, minutos antes de embarcar para cumprir agendas no Pará. Ao lado do ministro-chefe do gabinete pessoal da Presidência, Jaques Wagner, Dilma se mostrou satisfeita com a decisão que “obviamente achou justa”. A análise preliminar é que a liminar mostra que não há dois pesos e duas medidas no Supremo, já que é uma “decisão correta em relação a uma pessoa que é réu”. No entanto, para alguns interlocutores da presidente, a decisão “demorou demais para ser tomada” e pode, inclusive, embasar questionamentos a respeito da condução do processo do impeachment da presidente na Câmara. No Palácio do Planalto todos evitam comemorações, já que ainda é preciso esperar a decisão do plenário do Supremo. Além disso, há receio em relação à reação de Cunha, que vai usar de todos os meios possíveis para tentar reverter a decisão e, se cair, “não vai cair sozinho, vai cair atirando”. Relator do caso Lava Jato no STF, o ministro Teori Zavascki atendeu ao pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR feito em dezembro passado. Na peça, o ministro descreve 11 situações apontadas pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que embasam o pedido de afastamento. Em síntese, Janot sustentava que os elementos demonstram que Cunha “transformou a Câmara dos Deputados em um balcão de negócios e o seu cargo de Deputado Federal em mercancia, reiterando as práticas delitivas”

Michel Temer é ficha-suja e está inelegível por oito anos, diz Procuradoria

em - Regional | Deixar Comentário  

O vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) por fazer doações de campanha acima do limite legal. Pelo crime, Temer foi considerado inelegível pelos próximos oito anos, segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”. A decisão é contada a partir desta terça-feira (3). De acordo com a Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo (PRE-SP), a condenação se enquadra na Lei Ficha Limpa, que impede a candidatura de políticos condenados em tribunais colegiados da Justiça. Apesar da condenação, Temer não fica impedido de assumir o governo caso Dilma Rousseff seja afastada, já que a procuradoria diz que a norma não tem impacto em mandatos atuais. A proibição recairia sobre futuras candidaturas. Segundo a publicação, Temer foi condenado a pagar multa de R$ 80 mil por ter feito doações acima do limite durante as eleições de 2014. A assessoria de Temer disse ao O Estado de S. Paulo que ele pretende pagar a multa com recursos próprios. Isso livraria o vice-presidente de ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa e extinguiria a inelegibilidade. O posicionamento da assessoria de Temer é contestado por um dos redatores da Lei da Ficha Limpa que foram ouvidos pelo “Estado”, como o ex-juiz eleitoral e advogado Marlón Reis. Para ele, Temer só pode concorrer em eleições caso o TSE revogue a decisão do TRE.

Por ‘desvio de poder’ de Cunha, AGU pedirá anulação do impeachment

em - Regional | Deixar Comentário  

O advogado-geral da União José Eduardo Cardozo defendeu na manhã desta quinta-feira (5), na comissão especial do impeachment no Senado, que o afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), confirma o argumento de que o parlamentar agiu com “desvio de poder” no trâmite do processo do impedimento na Casa. Com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, que determinou a suspensão do mandato de Cunha, a AGU entrou com um pedido de anulação do processo. “Já estamos pedindo e vamos pedir a anulação. A decisão do Supremo mostra clarissimamente de forma indiscutível que Eduardo Cunha agia com desvio de poder para obstaculizar sua própria investigação. Agora ficou evidenciado por uma decisão judicial aquilo que nós temos afirmado por muito tempo”, apontou Cardozo. O advogado-geral da União questionou ainda ao relator do processo no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG) a ausência de contestação à tese da defesa, em seu relatório, de que houve desvio de poder. “Vossa Excelência não quis enfrentar a questão sobre os atos de Cunha. Vai passar batido? Não vai se enfrentar essa questão. Isso precisa ser melhor apurado, sinceramente”.

PAULO MACHADO NOSSO ETERNO PROFESSOR

em - Regional | Deixar Comentário  
Marcos Castro

Homem brioso, inteligente, contemporizador,
um gentleman pensador.
Cresceste alimentando, paulatinamente,
sua visão humanista.

Onde o objeto constante da sua busca,
era fazer o bem.

Seus sonhos, seguramente eram muitos.
Certamente, tantos foram realizados.
Na contra-mão, fugindo ao seu comando, outros tantos,
talvez, ficaram pelo caminho.

Tinha estampado em seu semblante uma calma perene,
uma tranquilidade absurda,
uma serenidade fascinante.

Sua voz possuía uma vera magia,
capaz de apaziguar toda e qualquer situação,
por mais adversa que parecesse ser.

Seu manso caminhar
era dono de largos passos.
Devagar, aparentemente.
Contudo, dotados de grande sabedoria.

Leia Mais

Mulher, filho e nora de Lula entram com ação após vazamento de grampos

em - Regional | Deixar Comentário  

A esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marisa Letícia, seu filho, Fábio Luís Lula da Silva (o Lulinha) e a nora, Renata Moreira, entraram com ação pedindo indenização por divulgação de ligações interceptadas pela Polícia Federal em fevereiro com autorização da Justiça e divulgadas em março deste ano no contexto da Operação Lava Jato. Segundo informações da rádio CBN, os advogados da família alegam que sofreram danos morais com a divulgação das conversas telefônicas. Em uma das chamadas, Marisa e Fábio conversam sobre os panelaços. Ela responde o filho, que alega que as pessoas tem direito de bater panela e diz que queria que “que as pessoas enfiassem as panelas no c*”. O juiz federal Sérgio Moro foi responsável pela liberação das gravações. Na mesma época, foram divulgados áudios de outras conversas entre investigados, incluindo entre a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula.

Justiça recebe denúncias contra sete prefeitos baianos, entre eles está o de Capim Grosso

em - Regional | Deixar Comentário  

A Justiça recebeu na última semana denúncias formuladas pelo Ministério Público estadual, por meio do Núcleo de Investigação de Crimes Atribuídos a Prefeitos (CAP), contra sete prefeitos baianos. Foram denunciados pelo MP os prefeitos Helânio Calazans de Oliveira, de Cícero Dantas; José Sivaldo Rios de Carvalho, de Capim Grosso; Cleigivaldo Carvalho Santa Rosa, de Sítio do Quinto; Nilson Vilas Boas Costa, de Medeiros Neto; Osni Cardoso de Araújo, de Serrinha; Emiliana Assunção Santos, de Camamu; e Francisco Silva da Conceição, de Candeias. As ações penais formuladas pelo CAP foram analisadas pelas Primeira e Segunda Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça da Bahia, em sessões realizadas nos dias 26 e 28 de abril. O gestor de Capim Grosso foi denunciado por contratações de atrações musicais em festejos juninos promovidos em 2012. Já Cleigivaldo Carvalho, de Sítio do Quinto, e Osni Cardoso, de Serrinha, respondem por uso indevido de verbas públicas após licitações viciadas para a realização de reformas em prédios públicos. O gestor de Cícero Dantas também foi denunciado por uso indevido de verbas públicas, após licitações irregulares para locação de veículos e coleta de lixo, além de contratações de escritórios de contabilidade, mediante dispensa indevida de licitação, no ano de 2013. Por fim, o prefeito de Medeiros Neto foi denunciado por contratação irregular de serviços topográficos; a prefeita de Camamu responde por inexigibilidade indevida de licitação para a contratação de serviços de assessoria previdenciária; e o prefeito de Candeias por contratação indevida de empresas no total de mais de R$ 5 milhões para a coleta de resíduos sólidos, em 2013.

MP recomenda continuidade de linha de transporte coletivo em Jacobina

em - Regional | Deixar Comentário  

O Ministério Público estadual recomendou ao Município de Jacobina que volte a disponibilizar, no prazo de 30 dias, a linha 5 de transporte coletivo que faz o trajeto entre a cidade e o povoado de Itapicuru. Segundo o promotor de Justiça Pablo Almeida, o serviço foi suspenso em março deste ano “sem qualquer aviso prévio ou justificativa formal”. Ele informou que o ônibus da linha fazia duas viagens diárias e atendia três comunidades diretamente impactadas pela atividade de mineração de ouro: Itapicuru, Jaboticaba e Canavieiras. A recomendação foi recebida pela Prefeitura Municipal na última sexta-feira, 29.

Pablo Almeida recomenda que o serviço seja restabelecido da forma como era prestado anteriormente. “Em ônibus que circulava diariamente, indo uma vez por dia e voltando outra, saindo de Itapicuru por volta das 6h30 da manhã e retornando a Itapicuru, partindo de Jacobina, por volta do meio dia, sendo garantida a entrada na comunidade de Jaboticaba toda quarta e todo sábado”, afirmou. Para expedir a recomendação, o promotor de Justiça considerou que, em 2015, houve recolhimento de quase R$ 3,5 milhões de Compensação Financeira para Extração de Recursos Minerais (CFEM), valor repartido entre a União, Estado e Município. Ele explicou que o recolhimento é obrigatório e destina-se a compensar efeitos ambientais, sociais ou socioambientais negativos causados pela atividade exploratória.

 

Mais de 260 mil pessoas procuraram os serviços da Justiça Eleitoral baiana em abril

em - Regional | Deixar Comentário  

Os cartórios e postos da Justiça Eleitoral na Bahia atenderam, entre o dia 1º e 29 de abril, um total de 263.099 eleitores em todo o estado. O número é quase seis vezes maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 44.686 pessoas buscaram por atendimento. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE), o crescimento da procura pelos serviços se dá em função da proximidade do fechamento do cadastro e em razão de boa parte dos cidadãos deixarem para última hora a solução de pendências com a Justiça Eleitoral. Prazo – O dia 4 de maio, quarta-feira desta semana, é o prazo final – em todo o país – para aqueles que precisam fazer a regularização eleitoral, solicitar a emissão da primeira via do título ou a transferência de município. Por conta do alto fluxo dos últimos dias, o atendimento a estes três serviços tem sido a prioridade do TRE baiano. Para evitar filas desnecessárias, o tribunal orienta aos eleitores que, antes de comparecer aos cartórios e postos do órgão, realizem consulta sobre sua situação eleitoral. A informação pode ser visualizada no site do TRE, no menu “Eleitor”, opção “Situação eleitoral”. Na página, basta informar o nome da mãe ou o número do título. Eleitores com algum tipo de deficiência física também devem obedecer ao prazo de 4 de maio para solicitar transferência de seção comum para uma seção especial.

Desembargador nega recurso do WhatsApp e mantém bloqueio de 72h

em - Regional | Deixar Comentário  

O desembargador Cezário Siqueira Neto negou a liminar do mandado de segurança impetrado pelo WhatsApp Inc. A decisão do recurso foi publicada 0h30 desta terça-feira (3) durante o Plantão do Judiciário do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) e confirmada pela assessoria de comunicação do órgão nesta manhã. Assim sendo, fica mantido o bloqueio do aplicativo de mensagem instantânea para clientes de TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel pelo período de 72 horas, iniciado às 14h da segunda-feira (2). A multa para as empresas em caso de descumprimento do bloqueio é de R$ 500 mil. Segundo o Sinditelebrasil, sindicato das operadoras, todas as empresas notificadas afirmaram que vão cumprir a determinação judicial. A decisão é do juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, em Sergipe. O magistrado atendeu a um pedido de medida cautelar da Polícia Federal, que foi endossado por parecer do Ministério Público. A empresa que recorreu da decisão lamentou, em comunicado, a decisão e disse não ter a informação exigida pelo juiz.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 18 19   Next »