TAVARES
Regional

Mamoneiras do Colégio Olga está incomodando moradora.

Agência Embrapa de Informação Tecnológica - Características da planta
Foto: Ilustrativa

Uma moradora da Rua Roberto Santos, em Senhor do Bonfim, está cobrando da direção do Colégio Olga Campos de Menezes, ou da Secretaria de Educação do Município, uma vez que a escola pertencia ao estado , e foi municipalizada, a limpeza do mato que fica próximo ao muro de sua residencia. Segundo a moradora, por conta de algumas mamoneiras que estão altas de mais, alguns bichos estão entrando em sua residencia, bem como, as mamoneiras estão danificando o telhado de sua residencia “já encontrei até bicho dentro de meu fogão e andando no meio de minha casa” disse a moradora .


A professora Adga Pelegrine, diretora do Colégio Municipal Olga Menezes, disse que por conta da pandemia do coronavírus, a escola está fechada há quase três mês, mas antes das aulas serem suspensas, as mamoneiras foram cortadas. A diretora também aproveitou e cobrou providencias do setor competente do município, ou seja, secretaria de educação.

Comentário: Não importa se a escola esteja aberta ou fechada, o que não pode é a moradora ficar prejudicada. E onde fica o zelo com o bem publico? Só porque está fechada tem que ficar entregue ao mato? (Ivan Silva).

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios