Regional

Ministério Público apura compra de 50 respiradores pela prefeitura de Salvador

Ministério Público apura compra de 50 respiradores pela prefeitura de Salvador

Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasil

O Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (Cesau), do Ministério Público da Bahia (MP-BA), abriu um inquérito civil para investigar possíveis danos aos cofres públicos de Salvador na compra de 50 respiradores, com dispensa de licitação.

Para os promotores, o ventilador Monnal T50, adquirido pela prefeitura, não é recomendado para atender a casos graves da Covid-19.

O governo municipal comprou os aparelhos da Air Liquide Brasil Ltda., no valor de R$ 2,95 milhões, e, segundo o Ministério Público, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não apresentou parecer técnico sobre a eficácia dos ventiladores.

Ao bahia.ba, por meio de nota, a SMS diz que contratações de serviços e compras de materiais e equipamentos são gerenciadas por técnicos especializados.

“Com isso são asseguradas além de aquisições mais vantajosas à SMS, prioritariamente, a assistência e segurança do paciente. Portanto, a SMS reafirma que os ventiladores estão utilizados conforme as especificações técnicas e normativas do processo para os fins a que se destinam: salvar vidas”, diz a nota.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios