Regional

Prefeitura de Jaguarari inicia mapeamento do Covid-19 no município com a realização de testes rápidos

Desde o início da pandemia, a prefeitura de Jaguarari vem realizando diversas ações visando proteger a saúde da população. Com esse objetivo a Secretaria de Saúde iniciou uma pesquisa epidemiológica, realizando o mapeamento de possíveis novos casos do Novo Coronavírus em Jaguarari. Essa estratégia de contenção foi iniciada após a confirmação do 5º caso positivo de Covid-19, no município através de teste rápido.

Segundo o prefeito de Jaguarari Everton Rocha, a realização desses testes rápidos servirá para monitorar o comportamento do vírus no município desde o início das ações de combate ao coronavirus  e principalmente após a reabertura parcial do comércio. Segundo ele, dessa forma, será possível estabelecer se serão necessárias novas medidas restritivas em Jaguarari.

A ação consiste na realização de testes rápidos em moradores selecionados de forma aleatória por servidores da Secretaria de Saúde em povoados e distritos. Após a realização desta primeira etapa do mapeamento nenhum novo caso positivo foi registrado.

O mapeamento teve início na última sexta-feira (22), pelas localidades de: Favela, Rocinha, Xique-xique, Fazenda Boa Sorte, Lagoa dos Currais, São Miguel, Veados, Fazenda Angico, Dona Maria, Lagoa do Caldeirão, Barrinha, Santo Antônio e Anhã.

Já no sábado (23), a ação foi realizada pelos profissionais de saúde do município nas localidades de: Riacho do Mocó, Traíra, Carro Quebrado, Ipueira dos Barros, Currais, Alagadiço e Santa Rosa.
No domingo (24), os testes rápidos foram realizados nas localidades de: Olhos D’Água e Catuni.

O secretário de saúde – Rodrigo Cruz informa que os servidores do município que estão realizando os testes estão protegidos com Equipamentos de Proteção Individual – EPI e identificados, com crachás e veículos oficiais. Ainda segundo o secretário de saúde, após concluir a testagem nos profissionais de saúde, será iniciada a testagem em vários bairros no município.

“Nosso propósito é oferecer toda assistência para a população, tendo a oportunidade de identificar e orientar aquelas pessoas que já estão positivadas e não sabem, por ainda não apresentarem sintomas”, explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica – Liz Bezerra.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios