Regional

Ponto Novo: REFIS 2019 oferece até 100% de desconto nas dívidas com o município

A Prefeitura Municipal de Ponto Novo visando promover a regularização de créditos do município relativos a impostos, taxas e contribuições de melhoria instituiu através da Lei Municipal nº 345/2019, o Programa de Recuperação Fiscal – REFIS 2019.

O Programa de Recuperação Fiscal – REFIS, tem como objetivo facilitar o pagamento de débitos fiscais, oferecendo uma série de benefícios e facilidades, como descontos e parcelamentos, para quem tem dívidas com o município e deseja regularizá-las.

Com o REFIS 2019 a Prefeitura poderá conceder anistia das multas e dos juros de mora, de Impostos sobre serviços –  ISS, Taxa de Licença e localização – TLL, Taxa de Fiscalização do Funcionamento – TFF, IPTU, Alvará e receitas diversas, nas seguintes condições: 100% de desconto no valor das multas e juros de mora para pagamento à vista, ao contribuinte inscrito na dívida ativa do município para quitar seus débitos; redução de 90% para pagamento em até 02 parcelas; redução de 70% para pagamento em até 03 parcelas; redução de 50% para pagamento em até 04 parcelas.

O ingresso no programa deverá acontecer por opção do próprio contribuinte em débito (sujeito passivo) ou responsável legal pela dívida, mediante requerimento. O prazo para adesão ao REFIS/2019 será até o dia 20 de novembro de 2019.

Segundo a Secretaria de Administração, o REFIS 2019 busca estimular os contribuintes a regularizarem sua situação fiscal, o que deverá proporcionar um impacto orçamentário-financeiro positivo no atual exercício. Os interessados deverão procurar a o Departamento de Tributos com seus respectivos documentos para liquidação em cota única, ou aderir ao plano de pagamento parcelado, na sede da Prefeitura Municipal de Ponto Novo de segunda à sexta-feira, das 08h às 17h.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios