Regional

BONFIM: Vereadores de primeiro mandato uniram forças com  Doutor Jorginho e com apoio da oposição derrubaram projeto do prefeito CB.

BONFIM: Vereadores de primeiro mandato uniram forças com  Doutor Jorginho e com apoio da oposição derrubaram projeto do prefeito CB.

O Projeto do SPC e SERASA que visava negativar o nome do contribuinte Bonfinense que deixasse de pagar o IPTU, e que seria mais uma ferramenta para a prefeitura ir atrás dos inadimplentes,  acabou esbarrando no G5, que com apoio da oposição, reprovou o projeto na madrugada desta quarta feira (05) por 9 a 5.

Formado por vereadores que estão  insatisfeitos com a forma de tratamento que a gestão tem dado aos vereadores de primeiro mandato, o G5, formado pelos vereadores: Elizeu dos Temperos, Deto de Quiçé, Reinaldo José, Doutor Jorginho, e Cleiton Vieira, com apoio dos três vereadores da oposição: Laércio Júnior, Geri e Pebinha, iniciaram a sessão se colocando contra o projeto que eles denominaram de maldoso.
No decorrer da sessão, mesmo com apresentação de algumas emendas, os vereadores Moge, Carlos de Tijuaçu e Andreilton Almeida, ainda tentaram convencer os colegas e o público sobre a importância das emendas e também do projeto para que o município podesse arrecadar mais.
Diante da rejeição das emendas apresentadas pelo vereador, Andreilton Almeida, alguns vereadores alegaram que o parlamentar teria sido egoísta por não ter convidado os colegas para discutirem as emendas, e por esse motivo, as emendas não foram aprovadas, e por não ter convencido os colegas, o vereador Andreilton Almeida votou contra o projeto “Sem essas emendas eu me coloco contra o projeto” disse o vereador.
Disseram não ao projeto: Andreilton Almeida, Pebinha, Deto, Elizeu dos Temperos, Cleiton Vieira, Doutor Jorginho, Laércio Júnior, Gerivaldo Sampaio e Reinaldo José.
Disseram sim ao projeto: Hermógenes Almeida, Lúcia Cerqueira, Otávio Xisto, Mimo e Carlos de Tijuaçu.
O vereador e presidente da Câmara, Rê do Sindicato, só participaria da votação em caso de empate.
Com a reprovação do projeto que para o prefeito seria de suma importância para que o município pudesse arrecadar, e com isso mais obras fossem realizadas, agora resta saber qual o tratamento que o governo dará ao G5, que segundo fonte, a reprovação do projeto teria sido um recado para o prefeito Carlos Brasileiro,  “Ou trata os vereadores com respeito, ou vai tomar pau na Câmara” disse um vereador.
Durante a sessão, o vereador Cleiton Vieira, que a partir de janeiro será o novo presidente da Câmara, lamentou as pressões e perseguições que alguns colegas do G5 sofreram durante a semana, e se colocou a disposição dos vereadores “Estou com vocês para o que dê e vinher” disse Cleiton Vieira.
O vereador Doutor Jorginho, justificou seu voto contrário “Sou da base, acredito na honestidade do prefeito Carlos Brasileiro. Se ele me quiser na base tudo bem, até porque já existem comentários que ele vai expulsar quem votar contra o projeto. Eu serei contra esse projeto porque o povo não merece essa perversidade, e não podemos penalizar o nosso povo” justificou Jorginho.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios