Regional

Ações da Câmara de Vereadores de Andorinha 16 08 2018

Ações da Câmara de Vereadores de Andorinha 16 08 2018

Nilton Matos explicou porque não votou em Ednaldo Macedo para presidente da Câmara.

Diante dos comentários que o vereador Nilton Matos teria traído a oposição, e teria se vendido para votar no presidente da Câmara, Marinaldo Oliveira, reeleito para o biênio 2019 e 2020, o vereador usou a tribuna na sessão da última quinta-feira (16), e explicou porque mudou de ideia e votou em Marinaldo “Eu fui escolhido como vice na chapa de Ednaldo, aconteceram duas reuniões na casa de Agnaldo Pinheiro, aonde ficou decidido que o presidente poderia ser um dos cinco, só que Ancelmo se manifestou dizendo que por ser muito amigo de Ednaldo, só votaria se o candidato fosse ele, então eu me sentir humilhado” explicou Nilton.

O vereador seguiu seu pronunciamento afirmando que não traiu ninguém, é tanto, que no dia da eleição, ele se reuniu horas antes do início da sessão como os vereadores e sugeriu que o candidato fosse ele, “Sugeri que agente mudasse a chapa, que Ednaldo fosse para a vice, e eu para presidente, até porque eram dois vereadores da base do prefeito que estavam disputando a presidência, Marinaldo e Ednaldo, mas não quiseram, disseram que aceitavam até Agnaldo Pinheiro, mas eu não podia ser o presidente, então eu não trair ninguém, e outra, vou tomar providências contra as pessoas que andam dizendo que Nilton Matos se vendeu”garantiu o vereador.

O vereador também afirmou que continuará fiscalizando o executivo, quando for para elogiar, vai elogiar, quando for para criticar e denunciar coisas erradas no MP, ele irá fazer “Eu vou continuar fazendo o trabalho que sempre fiz, porque o povo de Andorinha conhece Nilton Matos” finalizou.
Vereador pede ao gestor para não sancionar lei que prejudica os professores.

Afirmando que a educação de Andorinha deu um passo para trás quando foi aprovado projeto que tira direitos dos professores, o vereador Irmão Ednaldo, pediu ao Prefeito, Renato Brandão, que não sancione a lei “Quero pedir ao nosso prefeito que pense direito, que não sancione essa lei porque vai trazer conseqüências para o nosso município e também para os nossos professores” alertou.

O parlamentar sugeriu que o gestor fizesse contenção de despesas de outra forma, retirando gratificação de pessoas que têm alto salário, e até, insinuou a existência de funcionários fantasmas “Ou então acabe com as pessoas que recebem sem trabalhar” disse o vereador.
Ex-prefeito Agileu só deixou mazelas.

Ainda com relação o projeto do executivo que vai tirar direitos dos projetores, a vereadora Dona Lurdinha, explicou que a decisão foi a mais correta, sabe que ninguém gosta de perder, mas foi melhor fazer isso agora, do que depois o professor chegar no banco e não ter dinheiro “Todo mundo sabe que o dinheiro do Fundef não cobre as despesas, esse problema não é apenas em Andorinha não é no Brasil todo” disse a vereadora.

Comparando a gestão atual com a gestão do ex-prefeito, Agileu Lima, a vereadora pediu que nunca mais alguém deseje o retorno de Agileu, “Só deixou mazela, se ele estivesse hoje pode ter certeza que a situação era bem pior” concluiu D.Lurdinha.
Não foi Vagner Lavor que não aceitou Dorineide Conceição no PCdoB não, explica Agnaldo.

Em defesa do ex-prefeito Agileu Lima, o vereador Agnaldo Pinheiro, lembrou que na gestão do candidato do PT, ele não contava com o programa Mais Médicos, que hoje tem quatro médicos, e nem contava com apoio da Ferbasa, que hoje paga um pedido “Tire esses cinco médicos que no passado Agileu não tinha, e vocês vão ver como é que vai ficar a saúde de Andorinha ” aconselhou.

Com relação a não ida da ex-prefeita, Dorineide Conceição, para o PCdoB, o vereador ainda explicou o que realmente aconteceu, “O vereador Nilton não falou o que realmente aconteceu, ele disse que teria sido Vagner Lavor que não aceitou a ida de Dorineide Conceição para o PCdoB, eu disse que quem não aceitou foi o partido, e não o vereador Vagner Lavor como o senhor falou” explicou
O vereador também parabenizou a Ferbasa pela obra do anel viário da cidade que a empresa está executando.
Vereador critica atendimento nos postos de saúde.

O vereador Ancelmo Enfermeiro declarou apoio aos professores, e também fez críticas a saúde. Segundo ele, não adianta o município colocar a disposição do povo, o médico, enfermeiro, ambulância e os pacientes não serem bem atendidos.

O vereador voltou a cobrar um gerador para o Posto de Saúde do município, e reclamou porque a Secretária de saúde contratou um técnico de enfermagem de Senhor do Bonfim, quando na verdade, deveria ter contratado um profissional de Andorinha.
Ao solicitar uma parte, o vereador Irmão Ednaldo, concordou com o colega, e afirmou que a secretária teria tirado o técnico de enfermagem que havia sido indicado por Ancelmo Enfermeiro, para contratar um profissional de Senhor do Bonfim.
O vereador Ancelmo Enfermeiro finalizou dizendo que continuará defendendo o povo.
Pega Bala parabeniza gestão Renato e Zelito

O vereador Pega Bala, usou a tribuna e parabenizou o trabalho que o prefeito, Renato Brandão, e o vice-prefeito, Zelito estão fazendo na cidade, segundo ele, uma gestão transparente, aonde o prefeito está trabalhando em todo município ” Não sei porque a oposição fica triste com tudo que está acontecendo em nosso município, porque se eu fosse oposição eu ficava era alegre com todo esse trabalho que o prefeito está fazendo na cidade” disse Pega Bala.

Ao responder o vereador Agnaldo Pinheiro, que reclamou porque apenas os vereadores da oposição fizeram uso da tribuna no dia em que o projeto dos professores foi aprovado, o vereador Pega Bala afirmou que é um direito de qualquer vereador discursar, ou permanecer calado “Nem o regimento interno e nem a lei orgânica fala se é proibido o vereador ficar calado, o vereador faz uso da tribuna quando ele acha que deve fazer”explicou Pega Bala.
Parlamentar solicita envio do projeto do enquadramento dos servidores.

Citando algumas obras inacabadas existentes no município, o vereador Vagner Lavor, disse na tribuna que não poderia abraçar um governo de obras paradas.

O parlamentar também falou sobre o projeto 03/2018 do executivo, aonde ele lembrou que a matéria tem por objetivo reduzir até R$ 600,00 do salário de cada professor, o que ele considerou com imoralidade.
Com abaixo assinado em mãos, ele solicitou que a reinvidicação dos moradores da vila peixe fosse encaminhada ao gestor, aonde os moradores pede providência para diminuir a poeira da avenida próximo ao colégio estadual, aonde ele sugeriram que o município mande jogar água pelo menos duas vezes por dia.
O parlamentar apresentou requerimento, solicitando do gestor que envie para a câmara o projeto do enquadramento, porque segundo ele, tem profissional que está há mais de vinte anos trabalhando sem direito ao enquadramento.
Andorinha aderiu Selo Unicef

O presidente da Câmara, Marinaldo de Oliveira, informou aos vereadores que o município de Andorinha, aderiu o Selo Unicefe 2017 à 2020, e leu ofício da Secretaria de Ação Social, convidando todos os vereadores para o Primeiro Fórum Comunitário que acontecerá no auditório da Câmara de Vereadores, no dia 23 de Agosto, tendo início às 07:30h.

Próxima sessão, quinta feira, as 18h.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios