Regional

Dono de funerária preso acusado de matar homem na Bahia vendeu caixão e foi ao enterro da vítima

Dono de funerária preso acusado de matar homem na Bahia vendeu caixão e foi ao enterro da vítima

Foto: Reprodução/Blog do Anderson

Um dono de funerária em Poções, no sudoeste da Bahia, foi preso nesta segunda-feira (21) acusado de homicídio contra um servidor público. Segundo a Polícia Civil, o comerciante Caio Cunha chegou a vender o caixão usado para enterrar a vítima, identificada como Jadson Neves, e foi ao enterro do homem no último sábado (19). O crime ocorreu na sexta-feira (18). Por conta da acusação, moradores da cidade ficaram revoltados e tentaram depredar a funerária de Caio, que fica no centro da cidade. Dois funcionários dele também foram presos por suspeita de envolvimento no homicídio. Junto com o patrão, eles foram encaminhados para uma carceragem de Vitória da Conquista por falta de condições de segurança para os três acusados. Ainda segundo a Polícia, a suspeita é que o acusado matou o servidor por conta de um débito que a vítima cobrava no financiamento de um carro. O homem teria atraído o servidor para um local na zona rural do município e desferiu cerca de 12 tiros.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios