Regional

BONFIM: Vereadores foram contra convocação da população para discutir projeto que pode negativar nome de contribuinte que não pagar IPTU.

BONFIM: Vereadores foram contra convocação da população para discutir projeto que pode negativar nome de contribuinte que não pagar IPTU.

Em uma sessão marcada por vários embates, os vereadores de Senhor do Bonfim aprovaram na noite desta quinta-feira (04), requerimento de autoria do vereador, Laércio Júnior (PPS), que solicita a realização de audiência pública para discutir com a sociedade, projeto de autoria do executivo, que visa negativar junto ao Serasa o nome do contribuinte que deixar de pagar o IPTU.

Dos quinze vereadores, apenas Hermógenes Almeida (PT), Lúcia Cerqueira (PRB), e Carlos de Tijuaçu (PRB) votaram contra o requerimento.

Carlos de Tijuaçu e Hermógenes Almeida, explicaram que estavam votando contra a realização da audiência pública, por acharem que ela só deveria acontecer depois que os vereadores estudassem o projeto. A vereadora Lucia Cerqueira disse apenas que iria seguir a liderança do governo. 

Os vereadores: Pebinha (PSB), Cleiton Vieira (PRTB), Mimo (PRTB), Andreilton (PCdoB), Laércio Júnior (PPS), Deto de Quicé (PROS), Elizeu dos Temperos (PROS), Reinaldo José (PROS), Jorginho (PSD), Gerivaldo Sampaio (DEM), e Otávio Xisto (PMN), concordaram com a aprovação do requerimento, e justificaram que eles poderiam estudar o projeto, e depois decidir e votar com a sociedade o que for melhor para o povo.

Segundo informação de fontes, por ser um projeto que deixa os vereadores contra o povo, a comissão de defesa dos cidadãos formada pelos vereadores: Elizeu dos Temperos, Reinaldo José, e Gerivaldo Sampaio, poderão votar contra o parecer.

O projeto que visa negativar o nome do contribuinte que deixar de pagar o IPTU está tramitando na Comissão.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios