Regional

Após alfinetada de Leão, Nilo reage: “É um homem sem palavra”

Após alfinetada de Leão, Nilo reage: “É um homem sem palavra”

O deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PSB), reagiu às declarações feitas pelo vice-governador e presidente do PP na Bahia, João Leão, em entrevista ao Se Liga Bocão, na Itapoan FM, na noite desta segunda-feira (19). Na ocasião, o pepista disse que Nilo tem ódio dele e do senador Otto Alencar (PSD).

Ao BNews, Nilo rememorou o episódio da última eleição para presidente do Legislativo, onde Leão apoiou, na reta final, o deputado Angelo Coronel para comandar a Casa em detrimento da sua candidatura. “Ele diz que tenho ódio de Otto… de jeito nenhum, me dou muito bem com Otto Alencar. Otto foi sincero a mim. Leão disse a mim que jamais apoiaria Coronel, depois apoiou. É um homem sem palavra, um chantagista e um despreparado”, atacou o parlamentar.

Na conversa com a reportagem, o deputado estadual foi além de responder a entrevista de João Leão: “Leão é o adesista número 1 da Bahia. Traiu João Durval em 1998. Assinou a convenção de João Durval no Garcia e de lá foi se encontrar com Antônio Carlos Magalhães na Graça. É o velho adesista, é governista de plantão, consegue ser Temer e Rui Costa ao mesmo tempo. É o político mais despreparado da história da Bahia que exerceu cargo”.

Marcelo Nilo ainda acusou Leão de ter colocado o filho deputado federal Cacá Leão para se aproximar do prefeito ACM Neto (DEM), enquanto permanece no grupo do governador Rui Costa (PT). “[Leão] Pediu a Cacá Leão para ‘namorar’ ACM Neto, enquanto ele está ‘casado’ com Rui Costa. É o velho chantagista. Leão é invenção de Jaques Wagner. Foi o grande derrotado na eleição de 2016, perdeu Ilhéus, Barra, Barreiras, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães”, disse.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios