Regional

Em apenas um ano vereador conseguiu mais de R$7 milhões para a zona rural de Bonfim. 

Eleito vereador pela segunda vez consecutiva,  o presidente da Câmara de Senhor do Bonfim,  Rê do Sindicato (PSD),  durante entrevista concedida a Rádio Caraíba,  nesta quarta-feira (31), destacou como especial o primeiro ano do seu segundo mandato.

Entrevistado por Valtenor Pinheiro no Jornal da Caraíba edição do meio dia, o vereador falou as ações que foram conquistadas para o município de Senhor do Bonfim em 2017, aonde segundo ele, com apoio de parceiros seu mandato conseguiu injetar no município mais de R$ 7 milhões, destacando principalmente o apoio que tem recebido do Secretário Jerônimo Rodrigues (SDR),  e do Diretor da CAR, Wilson,  “Eu trabalho todos os dias porque sei que trabalhando os frutos serão colhidos,  com ajuda de parceiros,  como o governador Rui Costa,  o Senador Otto Alencar,  o deputado Adolfo Menezes, e o prefeito Carlos Brasileiro que também tem nos ajudado com seu prestígio junto ao governo do estado, conseguimos trazer para Senhor do Bonfim mais de sete milhões,  aonde todo esse recurso a maior parte foi destinado para a geração de renda, e graças a atenção que o Secretário Jerônimo,  e o diretor da CAR,  Wilson,  tem para com Senhor do Bonfim, conquistamos vários projeto” disse Rê.

Entre tantos projetos que foram executados e tiveram a participação direta do vereador, ele destacou como ações diretas que contribuiram na geração de renda, a casa do mel,  reativação do laticínio de Quiçé,  kits de irrigação, e projeto de galinha caipira “Esses projetos eu considero como importantes por conta da geração de renda, conseguimos também outras coisas, mas essas conquistas influenciam diretamente na geração de renda” explicou.
O vereador aproveitou e também lamentou a presença de carro pipa na zona rural,  segundo ele,  esse ano vai lutar para tentar levar água encanada para algumas localidades “Os gestores que passaram eles olharam mais para a zona urbana e se esqueceram da zona rural,  e hoje agente ainda ver com frequência carro pipa na zona rural,  e nós temos que fazer algo,  para pelo menos diminuir essa realidade, e esse ano vou correr atrás de água encanada para esse povo ” falou Rê do Sindicato.
O vereador ainda falou da limpeza das aguadas,  aonde segundo ele ainda estão faltando limpar quase 90% das aguadas existentes na zona rural “Uma hora de máquina custa R$ 180,00,  e um trabalhador rural não tem esse dinheiro,  porque também uma  hora de trator não deixa o serviço pronto, então precisamos redobra nossas atenções para esse  problema que precisa ser revisto urgentemente, até porque a chuva vai chegar e se a limpeza das aguadas não estiverem prontas os agricultores não terão como armazenar água”explicou o vereador.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios