Regional

Defesa pede que Moro se declare suspeito para julgar Cunha

Defesa pede que Moro se declare suspeito para julgar Cunha

A defesa do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) pediu novamente que o juiz Sérgio Moro se declare suspeito para julgar o emedebista no âmbito da Operação Lava Jato.

De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, os advogados pedem que o magistrado se afaste “da causa para que outro, isento, não comprometido com o resultado do feito, assuma a condução do processo com a imparcialidade”.

Entre os argumentos do emedebista para afirmar que o magistrado é suspeito para julgá-lo, está o fato de Moro ter rejeitado pedido de transferência do ex-presidente da Câmara da prisão em Curitiba para o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal.

O ex-deputado, condenado a 15 anos e 4 meses na Operação Lava Jato, foi preso em outubro de 2016.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios