PREFEITURA DE ANDORINHA maio
BANNER NOVO DE PONTO NOVO
prefeitura de andoirnha junho
Regional

Atriz gera polêmica ao defender direito de homens ʹcantaremʹ mulheres

Atriz gera polêmica ao defender direito de homens ʹcantaremʹ mulheres

A atriz francesa Catherine Deneuve gerou polêmica ao sair em defesa do direitos de os homens poderem “importunar” as mulheres. Em artigo de opinião divulgado na última terça-feira (9), no jornal Le Monde, a artista se manifestou contra o que chamou de “denuncismo” de assédios sexuais depois da revelação de escândalos sexuais contra o ex-produtor de Hollywood Harvey Weinstein.

O texto é assinado por escritoras, atrizes e acadêmicas francesas. Elas afirmam que a “caça às bruxas” ameaça a liberdade sexual e que, mesmo que o estupro seja considerado crime, “seduzir alguém, ainda que de forma insistente”, não é.

“Os homens têm sido punidos sumariamente, forçados a sair de seus empregos, quando tudo o que eles fizeram foi tocar o joelho de alguém ou tentar roubar um beijo”, diz o texto.

A publicação gerou revolta de militantes feministas. Nesta quarta-feira (10), a ativista Caroline de Haas e outras 30 seguidoras da causa reagiram ao artigo e divulgaram um texto, intitulado “Os porcos e seus aliados têm razão de ficar preocupados”.

As feministas condenam o manifesto contracorrente, sob o argumento de que ele tenta abafar um debate durante muito tempo oprimido pela sociedade. “Somos vítimas de violências, não temos vergonha e estamos determinadas a acabar com as violências sexistas e sexuais”, escrevem.

Caroline de Haas afirma que as mulheres que consideraram a onda de denúncias uma questão de “puritanismo” são “em sua maioria reincidentes na defesa de pedófilos e na apologia do estupro”.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios