Doutor Jorginho foi a Cruz das Almas participar de audiência que discutiu realização do Show de Espadas.

O vereador Doutor Jorginho, que sempre defendeu a realização da tradicional Guerra de Espadas no município de Senhor do Bonfim, foi até  Cruz das Almas, aonde participou nesta quarta-feira (06), de importante evento que  discutiu meios legais para a realização da Guerra de Espadas ou Show de Espadas.

Atendendo ao convite do Poder Legislativo de  de Cruz das Almas, onde a vereadora Camila Moura, que assim como Doutor Jorginho também defende o Show de Espadas, solicitou da mesa da Câmara que fosse realizado  Audiência Pública com a presença de representantes do Exército, poder público e espadeiros, para se discutir   a guerra de espadas, “a colega vereadora foi feliz duas vezes, primeiro por estar antecipando as discussões, e segundo por nos ter convidado para podermos unir forças e encontrarmos juntos, uma solução que possa manter viva essa cultura que projetou a nível nacional as cidades de Senhor do Bonfim e Cruz das Almas que foi a guerra de espadas. O evento foi positivo, o representante do Exército passou informações de como proceder para que a cultura se  mantenha viva, aqui o Tenente Rafael do Exército ele falou sobre a regulamentação da espada, como pegar o certificado, o fabrico e os cuidados, então posso dizer que saio desse encontro com esperança que nossa tradição será mantida”, disse Doutor Jorginho.

O vereador que viajou na companhia dos parlamentares, Andreilton Almeida e Laércio Jr, juntamente com o Secretario de Cultura Rodrigo Wanderley “Pezão” e representantes dos espadeiros já informou que irá solicitar uma audiência pública na Câmara de Senhor do Bonfim para se discutir o Show de Espada, “não podemos deixar para discutir em cima da hora para não acontecer como em anos anteriores, o que devemos fazer é como em Cruz das Almas, convidar poder público, Ministério Publico, Exército, espadeiros, sociedade e a Câmara e juntos sentarmos e encontramos uma forma do Show continuar, porque é uma tradição, e todos nós somos a favor da tradição”, finalizou o vereador.

em - Regional

Envie um Comentário