Regional

Temer indica ministro apontado como “menino de ouro” de Carlinhos Cachoeira

Temer indica ministro apontado como

Escolhido pelo presidente Michel Temer para ser o novo ministro das Cidades, o deputado Alexandre Baldy (GO) foi citado em 2012 em um relatório da CPI que investigou as relações do empresário de jogos de azar Carlinhos Cachoeira com políticos. A informação foi publicada nesta segunda-feira (20) pelo jornal Folha de S. Paulo. O relatório, de autoria do ex-deputado Odair Cunha (PT-MG), aponta Baldy como o “menino de ouro de Cachoeira”. O parlamentar teria participado de esquema comandado em Goiás pelo empresário dos jogos de azar.

O relatório foi arquivado na CPI. No lugar, foi aprovado um texto que não indiciou nenhum parlamentar. Na época, Baldy era secretário de Indústria e Comércio de Goiás. Com base em gravações telefônicas da Polícia Federal feitas na Operação Monte Carlo, Alexandre Baldy foi apontado como protagonista de um capítulo do relatório final da CPI. Ele foi classificado como colaborador “da organização criminosa”.

“As investigações levadas a efeito pela Polícia Federal, e aprofundadas por essa CPI revelam que Alexandre Baldy, conquanto não tenha agido com a mesma desenvoltura com que atuaram outros secretários do Estado de Goiás em prol dos interesses da organização criminosa chefiada por Carlos Cachoeira, prestou relevantes serviços à quadrilha”, diz o relatório.

Alexandre Baldy é o primeiro nome escolhido por Temer para a reforma ministerial, prevista até o fim do ano. A tentativa do governo é fortalecer a base aliada para a votação, no Congresso, de outra reforma, a da Previdência.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique Também

Close

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios