Projeto de urbanização do Povoado de Passagem Velha será reiniciado, garante Doutor Jorginho.

Depois do tratamento que recebeu a estrada que liga a BR 407 até a zona residencial do Povoado de Passagem e recentemente a manutenção dessa mesma via que foi feita há quase três anos atrás a pedido do vereador Doutor Jorginho, a localidade de Passagem Velha não para de receber benefícios do governo municipal.   Enquanto a Secretaria de Educação não inaugura a Escola que está sendo construída, uma parceria entre governo municipal e federal, e que depois de pronta irá beneficiar centenas de crianças, os vereadores Doutor Jorginho (PSD) e Lucia Cerqueira (PRB), estiveram há cerca de dois meses reunidos com o prefeito Carlos Brasileiro (PT) e cobraram a retomada do projeto que visa à urbanização da estrada principal da localidade que foi iniciada da gestão do ex-prefeito Paulo Machado e por motivos desconhecidos não prosseguiu na gestão Correia.

 “Temos que fazer justiça e lembrar que a obra foi iniciada na gestão de Paulo Machado, pedido na época feito pelo vereador Biro Biro, que com muita competência e prestígio conseguiu emenda com o deputado Edson Duarte (PV), pra depois não saírem dizendo que é o pai da criança. A obra estava parada, mas agora será reiniciada graças à competência do governo de Carlos Brasileiro que está arrumando a casa e agora conseguiu atender um pedido meu e da vereadora Lúcia para reiniciar a obra que tanto irá embeleza a entrada de Passagem velha” disse Jorginho

 A vereadora Lúcia Cerqueira ainda ressaltou que o município já teria contratado por meio de licitação a empresa que irá da continuidade ao projeto onde consta a construção de abrigos, torres luminárias e arborização, “a luta é de todos, quando todos se unem em prol de uma causa só quem tem a ganhar é o povo, Biro Biro conseguiu a obra que foi iniciada, mas não foi concluída, estava parada e agora atendendo uma reivindicação minha e do vereador Jorginho o prefeito atualizou toda a documentação que era necessária e a obra terá continuidade” concluiu Lúcia cerqueira.

em - Regional

Envie um Comentário