Doutor Jorginho pede para os colegas acompanharem o trabalho da empresa que assumiu Hospital Regional.

Diante dos embates pessoais que tem acontecido nas sessões da Câmara de vereadores de Senhor do Bonfim, aonde parlamentares perdem tempo para reivindicarem as vezes  liberação de diárias, e até mesmo mais recursos para que tenham condições de trabalho, na sessão desta terça-feira(28), o vereador  Doutor Jorginho (PSD),  optou em direcionar seu pronunciamento para as questões do município.

Usando o tempo que lhe foi concedido para fazer uso da tribuna, o vereador criticou a Embasa, que na opinião dele peca na manobra para o abastecimento de água da zona rural, relatando que moradores do Barro de Baixo estão há quase trinta dias sem água, e  pediu ao engenheiro Vinícius que possa resolver o problema, porque o povo e os animais estão sem água.

O vereador  lembrou aos colegas que a Câmara tem obrigação de acompanhar o trabalho do Instituto Caminhada contratado para gerir o Hospital Dom Antônio Monteiro “Vou pedir o edital e o contrato que o município tem com o Instituto e nós temos obrigação de seguir os passos dessa empresa dentro do Hospital, ali será colocado dinheiro do povo, e se essa casa não fiscalizar, e se o projeto da Caminhada não der certo, futuramente ela vai embora e o rombo fica para o povo pagar, por isso, vamos fiscalizar, porque o problema da saúde em Bonfim está sério” disse o vereador.

Ainda na sessão, Doutor Jorginho aproveitou e anunciou que ruas de Senhor do Bonfim serão pavimentadas graças a um emenda no valor de R$800.000,00 (oitocentos mil reais), que a pedido dele, do presidente da casa, Rê do Sindicato, Lúcia Cerqueira, Mimo e Deto,  o deputado Adolfo Menezes destinou para o município de Senhor do Bonfim.

em - Regional

Envie um Comentário