Gilmar Mendes suspende transferência de Sérgio Cabral para presídio federal

Gilmar Mendes suspende transferência de Sérgio Cabral para presídio federal

A decisão da Justiça Federal do Rio de Janeiro que havia determinado a transferência do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) para o presídio federal de Campo Grande (MS) foi suspenso pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira (31). O pedido de transferência foi feito pelo Ministério Público Federal depois que Cabral fez comentários sobre a família do juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato no Rio, durante uma audiência.

O próprio Bretas autorizou a transferência de Cabral para a penitenciária sul-mato-grossense após ter repreendido o ex-governador em uma das audiências do processo em razão de o peemedebista ter contestado questionamentos sobre compra de jóias para suposta lavagem de dinheiro mencionando que a família do magistrado trabalhava com bijuterias. Na ocasião, Bretas alegou que havia se sentido ameaçado com a declaração do peemedebista.

Mendes afirmou no despacho que desautorizou a decisão do juiz de primeira instância porque não há justificativa para a transferência do ex-governador para o presídio federal. De acordo com o ministro do Supremo, a informacão sobre as bijuterias foi levada à imprensa pela própria família do juiz federal, o que, na visão dele, não demonstraria ameaça.

em - Regional

Envie um Comentário