Regional

Em Antônio Gonçalves o clima esquenta entre Orlindo Carvalho e o vereador Jânio do Zeca.

O desfile cívico de Antônio Gonçalves que deveria ter acontecido no dia 7 de Setembro e foi suspenso por conta do tempo chuvoso na região aconteceu  na última semana e terminando em confusão. A briga agora será travada na tribuna da Câmara de vereadores entre o vereador Jânio do Zeca e o Ex Secretario Orlindo Carvalho.

A confusão chegou até a Câmara depois que o vereador Jânio do Zeca, decidiu de forma verbal, apresentar nota de repúdio contra a atitude do diretor presidente do Colégio ISO (irmão de Orlindo).

Segundo  o vereador Jânio do Zeca, o diretor do colégio, Osmário Carvalho, não quis se unir aos colégios da rede pública, “lamento a atitude do Colégio pela falta de união e por não ter se unido aos alunos da rede municipal.  Os pais tiram da ‘goela’ e os professores trabalharam, até nos finais de semana, para fazer uma obra tão bela e no grande dia o Colégio pega uma fanfarra e segue por outra rua, achei uma vergonha e por isso apresento a nota de repúdio” criticou Jânio do Zeca.

O vereador ainda relatou que o motivo da confusão teria sido porque o município havia recusado  ir até o Colégio ISO com a banda marcial buscar os alunos do referido Colégio, “ela se trata de uma escola particular, sem vínculo nenhum com o município, o convite dizia que a concentração seria em frente à prefeitura. Os alunos do ISO não podiam vir até a prefeitura? Os alunos do ISO são melhores por que os pais têm condições de pagar a escola de seus filhos? Se realmente o motivo que contaram foi esse eu não aceito e deixo aqui meus sentimentos”, disse Jânio.

Ao tomar conhecimento que o vereador havia feito críticas a seu irmão o ex-secretário de Administração Orlindo Carvalho saiu em defesa do mesmo, e usando sua pagina no face criticou  a postura do vereador classificando Jânio de incompetente para avaliar a questão ” Lamentável a critica que o vereador Jânio Vasconcelos fez ao ISO e ao diretor proprietário Dr Osmario. Decisões independentes não cabem avaliações de incompetentes” escreveu Orlindo.

A sessão da próxima terça-feira (24) promete pegar fogo, uma vez que o ex-secretário já solicitou espaço para fazer uso da palavra e prometeu explicar por qual razão o vereador seria incompetente.

 

Vamos aguardar!

 

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios