Regional

PM não compareceu ao juri, jurados alegaram que foram ameaçados, e juiz decretou prisão dos Policiais.

Por medida de segurança, e pelo não comparecimento a tempo de um dos acusados, a Justiça de Senhor do Bonfim, decidiu suspender o júri dos policias, Sebastião Leme Correia da Silva, Denésio Rodrigues Filho e Edwilson Carvalho de Sena, que estava agendado para acontecer nesta terça-feira (05), no Fórum Edgar Simões aqui em Senhor do Bonfim. Os policiais são acusados de terem matado, Nivaldo Ramos da Silva, no Campo de Aviação, no ano de 1997.

O Júri não aconteceu por que além do fato do policial militar Edwilson Carvalho de Sena, que está preso em Salvador, acusado de participar de assaltos a feirantes na região de Campo Formoso, não ter chegado a tempo, alguns dos jurados também alegaram para o juiz que teriam sido ameaçados.

Ainda durante os trabalhos, no início da tarde desta terça-feira (05), por conta dos novos fatos que foram relatados, (ameaças), o Juiz, Teomar de Oliveira, decretou a prisão dos três policiais que agora permanecerão presos até a realização do julgamento.

Antes do encerramento da sessão, o juiz convocou todos os jurados e suplentes presentes, para comparecerem ao fórum no próximo dia 21, aonde novo sorteio será realizado para escolha dos sete jurados.

Ainda segundo informações, devido aos acontecimentos relatados na manhã desta terça-feira, o júri deverá acontecer no município de Juazeiro, em data a ser confirmada.

Da redação do site ivansilvanoticia com informação do radialista, Ivan Silva. 

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios